Oi, o que você está procurando?

Araçatuba registra primeiro caso de Chikungunya do ano

Uma mulher de 37 anos, moradora do bairro São José, foi a primeira pessoa a ser detectada com o vírus chikungunya em Araçatuba, de acordo com dados divulgados pela assessoria de imprensa da Prefeitura.

O órgão ainda divulgou a confirmação de 12 casos de dengue, todos espalhados por diferentes bairros da cidade, como Beatriz, Jussara, Atlântico, Monterrei, Umuarama, Hilda Mandarino, Jardim Mireira e Nossa Senhora.

Chikungunya

Em dialeto da Tanzânia, chikungunya significa “dobrar-se de dor”. Pelo nome já é possível imaginar o tamanho da dor articular que o vírus provoca nas pessoas infectadas. Apesar de ser uma doença autolimitada, que dura entre sete e 10 dias, em alguns casos a dor nas juntas permanece por meses.
A febre normalmente mais baixa que a infecção pela dengue e a forte dor articular são alguns dos sintomas desse vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Além disso, o chikungunya pode fazer com que o fígado fique inchado, apareçam ínguas e erupções na pele.

Pela dificuldade de identificar de imediato qual vírus está atacando a pessoa, os médicos também proíbem o uso de AAS, pelo risco de hemorragias.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!