Oi, o que você está procurando?

Homem condenado por latrocínio é preso pelo tático em Araçatuba

O presidiário Carlos Augusto da Silva Bezerra, 29 anos, foi preso pela Força Tática, em Araçatuba. Considerado foragido, ele estava sendo procurado pela Justiça desde agosto passado após ter evadido do sistema prisional.

Bezerra foi preso na rua João Batista Botelho, bairro Umuarama. Com a informação sobre o esconderijo do foragido, a equipe do tático, formada pelo sargento Guerreiro, cabo Weimar e soldado Bonachini, conseguiu prendê-lo. Ele ainda tem ao menos 8 anos de cadeia para cumprir.

CASO BÁRBARO

Carlos Augusto da Silva Bezerra foi condenado pela Justiça de Araçatuba a 24 anos de prisão, em março de 2006.

Segundo o processo, ele assassinou e colocou fogo no corpo do carroceiro Santino Batista dos Santos. O crime ocorreu em setembro de 2005 e teve grande repercussão em Araçatuba.

A vítima foi assassinada com dois golpes de machado no pescoço dentro de sua casa, no jardim Florença.

Depois de golpeá-lo, Bezerra ateou fogo com um isqueiro na residência. O corpo de Santino, que estava sobre a cama, foi carbonizado.

Antes de sair do imóvel, Bezerra roubou o celular da vítima, um televisor de 20 polegadas, um aparelho de som e um botijão de gás.

Na época da condenação, o juiz escreveu na sentença que Bezerra demonstrou que é uma pessoa dotada de personalidade cruel e perigosa.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!