Oi, o que você está procurando?

Homem que atropelou e matou autônomo por ciúmes da esposa se entrega

O agricultor Faustino Belarmino de Souza, 53 anos, que estava foragido e é acusado de ter atropelado e matado o autônomo Esmeraldo Tavares dos Santos, 48, há dois anos, no bairro Rosele, em Araçatuba, se entregou esta semana na delegacia de Polícia de Penápolis.

De acordo com a Polícia Civil, ele estava foragido há um ano e se apresentou acompanhado de um advogado, mas não quis dar nenhuma declaração sobre o período que esteve ausente. Ele declarou apenas um endereço residencial no Jardim do Prado, em Araçatuba.

No processo contra Souza, o juiz acatou denúncia do Ministério Público, que acusa o agricultor de ter cometido homicídio qualificado, com a alegação de que ele passou três vezes com o caminhão sobre a vítima, que morreu na hora.

De acordo com a denúncia do MP, tudo foi motivado pelo fato de que a vítima estaria dando em cima de esposa do acusado. Os três se conheceram na igreja e Santos teria sido indicado pelo pastor a ser o conselheiro de Souza e sua mulher.

No entanto, um dia antes do atropelamento, o agricultor teria visto uma mensagem de Santos para sua mulher, com insinuações. A investidas, de acordo com a mulher, teriam começado duas semanas antes, mas ela afirma não estar correspondendo.

No dia do fato, Souza saiu cedo de casa, pegou um funcionário e passar novamente viu um homem de moto conversando com sua mulher em frente de casa. Ao se aproximar, ele teria reconhecido o “conselheiro” do casal.

O acusado diz que ficou com medo, porque o homem teria ameaçado pegar algo em uma caixa que estava sobre o banco da moto, abaixou na cabine e acelerou o caminhão, sem perceber que havia atropelado Santos. Como a moto enroscou embaixo do veículo, ele deu ré e depois fugiu.

No processo o promotor acusado o motorista de ter atropelado três vezes a vítima, antes de fugir. Ele vai aguardar o processo detido e pode ser levado a júri popular.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!