Oi, o que você está procurando?

Acusados de envolvimento em latrocínio de caminhoneiro são presos em Araçatuba

Cinco homens, suspeitos de participação no latrocínio (roubo seguido de morte) do caminhoneiro Nivaldo Donizete da Silva, foram presos pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba, nesta terça-feira (8).

O caso, ocorrido em setembro, teve grande repercussão na região.

Os presos, capturados durante cumprimentos de mandados de busca e apreensão, foram encaminhados para a sede da DIG, região central de Araçatuba. Após depoimento, eles seriam transferidos para a cadeia de Penápolis.

O caminhoneiro Nivaldo Donizete, 49 anos, conhecido como Derô, desapareceu após receber um chamado pelo telefone para um frete. A polícia acredita que ele foi atraído para uma armadinha e que a finalidade dos envolvidos era mesmo de roubar o caminhão da vítima.

A DIG constatou que o caminhão dele foi visto em Guaíra, sentido ao Paraguai, um dia após o desaparecimento. Conforme a polícia, em muitos casos, caminhões roubados no Brasil são vendidos ou trocados por drogas no Paraguai.

Três dias após o desaparecimento, o corpo da vítima foi encontrado em um canavial na zona rural de Guararapes. Desde então, a DIG vinha investigando o caso.

Diante das evidências, a Polícia Civil solicitou e a Justiça de Araçatuba concedeu os mandados, todos cumpridos na manhã de hoje.

Agora, a polícia apura as circunstâncias do crime. Nomes e idades dos presos ainda não foram divulgados.

Notícia Relacionada:

http://rp10.com.br/2016/09/10/caminhoneiro-e-chamado-para-fazer-frete-e-desaparece-em-aracatuba/

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!