Oi, o que você está procurando?

Mulher é presa pelo TOR com 100 gramas de crack na vagina

Uma moradora de Araçatuba, de 41 anos, identificada pelas iniciais  R.C., foi presa por tráfico de drogas na tarde desta quinta-feira (14), em Castilho. Ela foi abordada por policiais militares do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) com cerca de 100 gramas de crack. A droga, acondicionada em um preservativo masculino, estava sendo transportada escondida na vagina da mulher.

A indiciada estava como passageira em um caminhão abordado na rodovia Marechal Rondon (SP-300). Com a fiscalização, a moça ficou muito nervosa, o que chamou a atenção da equipe do TOR, formada pelo sargento Fausto e cabos Miron e Demétrio.

Indagada sobre o transporte de droga no corpo, ela negou qualquer irregularidade. Ao ser informada que seria revistada por uma policial feminina, a araçatubense confessou que havia escondido o entorpecente o corpo. Ela mesma retirou o embrulho e entregou aos policiais.

A mulher disse que ganharia R$ 700 para transportar a droga de Campo Grande (MS) para Araçatuba. Ela estava viajando de carona e o motorista do caminhão, com placas de Tupã, afirmou que nada sabia sobre a droga.

Ele foi liberado para seguir viagem e a acusada foi autuada em flagrante na delegacia de Andradina. R.C. seria levada para o presídio feminino de Tupi Paulista na manhã desta sexta-feira (15).

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!