Oi, o que você está procurando?

Polícia prende homem acusado de matar delegado de Rio Preto

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (28), o homem que assassinou o delegado Guerino Solva Neto (foto), em São José do Rio Preto. O detido confessou o crime, ocorrido no último sábado (25), e foi preso no Capão Redondo, zona sul da Capital.

Agentes da Divecar (Divisão de Investigações sobre Roubo e Furto de Veículos) do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), em apoio a outras equipes de policiais, encontraram o suspeito e o carro Ford Ranger, que havia sido roubado.

O detido contou aos investigadores que queria, inicialmente, levar o veículo do delegado. Neto teria reagido e acabou morto pelo acusado. Apesar da confissão, a Polícia Civil prossegue apurando a possível participação de outras pessoas no crime.

Após investigações, o carro foi encontrado no domingo e o acusado, preso dois dias depois. Na casa do homem foram encontrados ainda um tablet e um canivete que pertenciam ao delegado. Por fim, os agentes descobriram que o detido havia sido preso por roubo e interceptação de veículo e havia sido solto do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Rio Preto no dia 24.

Guerino Solva Neto era chefe da Unidade de Inteligência Policial do Departamento de Polícia Judiciária do Interior 5 (Deinter 5), responsável pela região de São José do Rio Preto.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!