Oi, o que você está procurando?

Birigui

Mulher é internada após ser agredida ao perguntar se companheiro era homossexual

A vítima disse que foi agredida com socos e chutes e em determinado momento o acusado bateu sua cabeça contra a parede

Imagem Ilustrativa

Uma auxiliar de serviços gerais de 51 anos foi agredida pelo companheiro, um homem de 37 anos, e desmaiou, sendo socorrida por uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros na madrugada desta sexta-feira (4), no bairro Toselar, em Birigui. O motivo foi o fato dela questionar se o acusado seria homossexual.

De acordo com o boletim de ocorrência, o casal saiu de casa no final da noite para comer um lanche. Quando eles voltavam para casa à vítima questionou-se o companheiro era homossexual, pois ouviu vários comentários em relação ao assunto.

Assim que o homem foi questionado, ainda em via pública, ficou irritado e passou a agredir a ajudante geral. Ele deu vários chutes na mulher e quando chegaram em casa as agressões continuaram. A vítima disse que foi agredida com socos e chutes e em determinado momento o acusado bateu sua cabeça contra a parede.

A vítima desmaiou e ao acordar ligou para uma amiga pedindo socorro. A PM foi acionada e ao chegar no local e ver que a mulher apresentava diversas lesões, os policiais acionaram o resgate. A mulher foi levada ao pronto-socorro de Birigui onde permaneceu internada. O acusado não foi encontrado.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!