Oi, o que você está procurando?

MINAS GERAIS

Homem tira cochilo na estrada, é confundido com morto e ganha carona da PM

Uma inusitada história movimentou a cidade de Jacinto, região do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais

Uma inusitada história movimentou a cidade de Jacinto, região do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, no último dia 15 de maio. A polícia local foi acionada após um homem ter sido encontrado aparentemente morto na beira de uma estrada. Quando chegaram ao local, a equipe descobriu que o sujeito estava embriagado e apenas tirando um cochilo.

Edgar Pedrosa é bastante conhecido em Jacinto e atende pelo apelido “Diga”. Ele estava dormindo na beirada de uma estrada de terra após ter ingerido bebidas alcóolicas. Segundo contou o tenente Marcelo Rodrigo ao BHAZ, pelo fato de a via ser de terra os veículos levantam bastante poeira quando passam, e o pó acabou cobrindo Edgar enquanto ele dormia, dando-lhe uma aparência de morto.

“Me ligaram e me falaram que tinha um cadáver na BR-367, saída para Santa Maria do Salto, então eu mandei a viatura lá porque era um fato grave. A viatura chegou lá e o cidadão estava apenas dormindo. Ele estava embriagado e estava dormindo na beirada da estrada”, relata o tenente.

Edgar ganha carona da polícia

De acordo com o policial, é normal as pessoas em Jacinto saírem da Zona Rural da cidade e irem caminhando pela estrada de terra. Cansado, Edgar Pedrosa provavelmente decidiu que ali seria um bom local para descansar e tirar um cochilo. “Isso é muito comum em todo lugar né, a pessoa bebe, fica embriagada, deita ali e resolve passar umas horinhas para descansar e depois tomar o rumo de casa”, brinca o tenente.

No final das contas, a equipe policial deu uma carona para Edgar até o posto de saúde, para que ele checasse se estava tudo bem, e nada além da embriaguez foi constatado. “Aqui é muito comum esse tipo de situação, as pessoas aqui são bem humildes”, diz o tenente Marcelo Rodrigo.

Nos últimos dias, o caso tem ganhado bastante repercussão nas redes sociais, chegando a ser compartilhado pela blogueira de segurança pública Renata Araújo Pimenta. Confira a postagem:

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!