Oi, o que você está procurando?

Economia

Crise hídrica faz conta de luz ficar mais cara

Governo recorre a usinas movidas a gás natural, óleo diesel, biomassa e carvão para garantir abastecimento com o baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas

Em meio a uma forte crise hídrica no centro-sul do país, onde ficam algumas das principais hidrelétricas , o Brasil bateu ontem um recorde na geração de energia por termelétricas , que são mais caras e poluentes.

Na segunda-feira, o país produziu 17.137 megawatts médios (MWmed) de energia por termelétricas ao longo do dia.

Nunca antes o país gerou tanta eletricidade a partir dessa fonte em sua História, de acordo com dados do Operador Nacional do Sisteecma Elétrico (ONS) compilados pelo GLOBO.

O custo mais alto é um dos principais motivos para a bandeira vermelha 2 ter entrado em vigor hoje, encarecendo as contas de luz.

É o patamar mais alto do sistema de bandeiras tarifárias da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o que significa cobrança adicional de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

O governo tem recorrido a usinas termelétricas movidas a gás natural, biomassa, óleo diesel e carvão para garantir o suprimento de eletricidade e guardar água nos reservatórios.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!