Oi, o que você está procurando?

Violência doméstica

Irritado com mensagem de celular homem agride a filha de 12 anos

A mãe disse que seu marido pegou o telefone celular da filha e, ao ler as mensagens, entendeu que ela estaria falando com algum namorado

Um auxiliar de serviços gerais de 40 anos, morador no conjunto habitacional Águas Claras, zona norte de Araçatuba, está sendo acusado de vias de fato e violência doméstica contra a filha, uma estudante de 12 anos. O fato, conforme boletim de ocorrência, foi no início da madrugada desta terça-feira (25) e teria sido motivado depois que o pai viu mensagens no celular da filha.

A PM foi acionada para comparecer ao local dos fatos para atender uma ocorrência de violência doméstica e familiar. A mãe disse que seu marido pegou o telefone celular da filha e, ao ler as mensagens, entendeu que ela estaria falando com algum namorado. Ele não gostou e enviou mensagem de volta para o contato se apresentando como pai da menina.

Na sequência a pessoa respondeu a mensagem enviando uma foto da menina com o braço arranhado e com os dizeres, “se você é pai, então cuida da sua filha”. O auxiliar geral ficou irritado e passou a dar tapas na filha, sendo que a PM acabou sendo acionada por causa das agressões.

O acusado admitiu que ficou nervoso e acabou desferindo alguns tapas na filha, mas que não provocaram lesões. A mãe dela contou que os arranhões no braço foram feitos pela própria filha, com lâmina de apontador de lápis, sendo que toda vez que a menina fica nervosa se auto-lesiona.

Ela afirmou que inclusive irá procurar orientação psicológica para a sua filha. A mulher também disse que não há necessidade de requerer medidas protetivas e nem de representar criminalmente contra o marido.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!