Oi, o que você está procurando?

Política

Filipe Martins tem 10 dias para explicar gesto no Senado, diz MPF

A Polícia do Senado já concluiu inquérito que apurava gesto feito pelo assessor e confirmou que teve conotação racista

O assessor para assuntos internacionais da Presidência, Filipe Martins, recebeu nessa semana um pedido de esclarecimento da Procuradoria da República em Brasília.

Segundo a coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo, o órgão deu 10 dias para que Martins explique o gesto feito no Senado durante fala do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco.

A Polícia do Senado já concluiu inquérito que apurava gesto feito pelo assessor na última terça-feira (4/5) e confirmou que teve conotação racista.

Relembre

O assessor de Bolsonaro fez o gesto no momento em que ele acompanhava o então ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, em uma audiência no Senado. Filipe Martins é assessor especial da Presidência da República e tido como espécie de “vice-ministro” do Exterior.

O gesto feito pelo servidor pode ter várias conotações. Além de ser usado pelos supremacistas brancos nos Estados Unidos, pode indicar uma obscenidade.

Também pode simbolizar as letras “W” e “P” das palavras “white power”, que significam “poder branco”.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!