Oi, o que você está procurando?

Política

Covid-19: CP da Câmara de Araçatuba ouve mais duas testemunhas

Comissão Processante foi criada para apurar possível prática de infração político-administrativa por parte do prefeito na compra de veículos para a saúde

A Comissão Processante (CP) criada na Câmara Municipal de Araçatuba para apurar possível prática de infração político-administrativa por parte do prefeito Dilador Borges (PSDB) na aquisição de veículos para a Secretaria Municipal de Saúde com recursos federais destinados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 ouviu nessa sexta-feira (07) mais duas testemunhas sobre o caso.

A secretária de Saúde, Carmem Guariente, e o diretor do Departamento de Assistência Hospitalar, Nilton Cesar Bozolan, foram ouvidos pelos três integrantes da CP, vereadores Antonio Edwaldo Dunga Costa (DEM), Maurício Bem Estar (PP) e Wesley da Dialogue (Podemos). Ambos compareceram na condição de testemunhas arroladas pelo advogado Ermenegildo Nava, procurador do chefe do Executivo nesse processo.

A exemplo da oitiva do prefeito Dilador Borges, ocorrida no último dia 30 de abril, o conteúdo dos depoimentos ficou restrito aos componentes da Comissão Processante e foi gravado pela equipe técnica de TV do Legislativo araçatubense.

De acordo com o presidente da CP, vereador Dunga, os integrantes vão se reunir em breve para avaliar os esclarecimentos dados pelas testemunhas e decidir os próximos passos da apuração.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!