Oi, o que você está procurando?

dia das mães

A história de inspiração que motivou filha de PM a seguir a carreira da mãe

Mãe e filha trabalham em Araçatuba, porém nunca trabalharam juntas

A policial militar Aldrin é esposa, mãe e avó, tem uma rotina corrida, seguiu a profissão que está no sangue da família. Há mais de 24 anos a cabo Aldrin entrou na Polícia Militar, na ocasião, sua filha Bruna tinha apenas 2 anos, e sempre que atendia ocorrência envolvendo criança, lembrava-se da filha.

Bruna seguiu o legado da família e os passos da mãe, há mais de 3 anos ingressou na Corporação. Mãe e filha trabalham em Araçatuba, porém nunca trabalharam juntas. A cabo Aldrin tem outra filha, Beatriz, com 13 anos. A soldado Bruna tem um filho, Lucas, de 7 anos. Ambos dizem querer seguir o legado da família.

Quando Bruna foi prestar o concurso para ingressar nas fileiras da Instituição, Aldrin, ficou apreensiva no início, pois ainda via sua filha como sua menininha, mas, durante o início de carreira de Bruna, Aldrin percebeu quanto Bruna é uma mulher forte, guerreira e determinada. Foram tempos difíceis no início da carreira de Bruna de muita luta, longe do filho pequeno e da família, um processo que superou dia após dia para alcançar seu objetivo.

Quando a soldado Bruna se formou, foi muito especial e emocionante para toda a família, vê-la fardada cantando a canção da Polícia Militar, marchando ruma à Vitória. Lágrimas caíram de orgulho dos pais e de alívio para Bruna, por ter conseguido chegar ao fim de uma etapa e o início de outra grande jornada.

A cabo Aldrin e a soldado Bruna são mães, como milhares de outras espalhadas pelo mundo, mães que oram, motivam, sonham, brincam, corrigem, choram, perdem a paciência, aconselham e alegram-se com cada conquista dos filhos, que após um dia de trabalho, ao chegar em casa, tem suas forças renovadas no aconchego de seus lares e ficam emocionadas quando ouvem a frase: “Mãe eu te amo”.

Mães que sabem que chegará o tempo dos filhos “baterem asas” e seguir sua própria vida, construir sua história e legado. Mães que sabem que quando se tornam “dispensáveis” é porque fizeram um excelente trabalho. Em nota enviada junto com a matéria, o Comandante do Policiamento do Interior -10 e todos os policiais militares parabenizaram todas as mães guerreiras e multitarefas, na pessoa da cabo Aldrin e da soldado Bruna.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!