Oi, o que você está procurando?

Praia Grande (SP)

Vídeo: Mulher é presa após chamar rapaz de ‘macaco fedorento’ em ônibus

De acordo com a vítima, um autônomo de 29 anos, que preferiu não se identificar, ele estava conversando com a esposa quando foi surpreendido com os insultos

A Polícia Militar prendeu em flagrante no sábado (10) uma mulher acusada de proferir ofensas racistas contra um passageiro dentro de um ônibus em Praia Grande, no litoral paulista. De acordo com a vítima, um autônomo de 29 anos, que preferiu não se identificar, ele estava conversando com a esposa quando foi surpreendido com os insultos. As informações são do G1.

Parte do ocorrido foi gravado por um passageiro. No vídeo, é possível ouvir a mulher chamando o homem de “macaco”. “Macaco fedorento. Tu não presta, tu é preto da senzala. Crioulo fedido. Tira os óculos e vai catar papelão vaga***** [sic].”

Em entrevista ao G1, o homem contou que já estava no transporte coletivo com a esposa há cerca de 10 minutos, quando foi avisado por um rapaz que a mulher estava direcionando os xingamentos a ele. “Eu olhei sem entender e, quando virei para trás, a moça simplesmente, gratuitamente, me olhou e falou ‘é com você que estou falando mesmo seu macaco’”, contou o homem.

De acordo com o autônomo, a esposa dele, de 33 anos, também questionou a mulher e foi chamada de “vagabunda”. Logo em seguida, a passageira que o ofendeu tentou descer do ônibus, mas ele e a esposa não deixaram.

“Eu travei a passagem, sem encostar nela, e falei que ela não sairia enquanto a polícia não chegasse”, conta. Na sequência, o condutor do veículo parou o ônibus e a polícia foi acionada. O autônomo ainda relata que enquanto travava a passagem da mulher, ela disse que ele tentava assaltá-la.

Enquanto todos esperavam a chegada da PM, a mulher continuou com os insultos. “Falou que eu era imundo, além dos outros xingamentos. Eu não a ofendi, apenas falei ‘espera a viatura chegar’. Então ela disse ‘quando a viatura chegar você vai preso’, quando perguntei o porquê, ela respondeu ‘porque você é preto, macaco, da senzala e tem que estar na cadeia’ “, relatou o homem ao G1.

Um dos passageiros que viu o ocorrido também lamentou a atitude da mulher. “Quando entrei no ônibus, no bairro Jardim Real, ela já estava o xingando de ‘macaco’, ‘negrinho da senzala’. Ficamos revoltados, ligamos para polícia e a mulher continuou xingando ele. Você via descer lágrimas dos olhos do rapaz, mas ele aguentou firme. Ela chamou ele até de ladrão. Isso não pode ficar impune”, disse o auxiliar de serviços gerais Josafa Almeida, de 35 anos, em entrevista ao G1.

A PM atendeu a ocorrência e o caso foi registrado como injúria racial pelo 1º DP de Praia Grande. A mulher foi presa em flagrante. O G1 ainda não localizou a defesa da mulher para comentar o caso.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
24