Oi, o que você está procurando?

Manifestação

Professores de Birigui protestam contra a volta às aulas presenciais

Cerca de 200 veículos participaram de uma carreata com o objetivo de sensibilizar as autoridades para que adiem a volta às aulas

Professores da rede municipal de ensino de Birigui realizaram uma carreata no final da tarde desta sexta-feira (16), contra a volta às aulas presenciais, que estão previstas para o próximo dia 26 de abril, com 35% dos alunos nas salas de aula.

A carreata, que contou com a participação de aproximadamente 200 veículos, começou em frente ao Paço Municipal, na Rua Anhanguera, seguiu pela rua Padre Geraldo, subiu a Avenida 9 de julho, Avenida Euclides Miragaia, Rua Barão do Rio Branco, Praça Doutor Gama e terminou no antigo Paço Municipal, na Praça James Mellor.

A preocupação dos professores é que a grande maioria tem menos de 47 anos de idade, portanto não está incluída na vacinação contra a Covid-19, por enquanto.

“Além disso, temos a preocupação com os alunos, que também não foram imunizados”, afirma uma das organizadoras do protesto, a professora Loremy Terenciano. “A volta às aulas presenciais é facultativa aos alunos, mas para nós, professores, não”, completou.

Outro pronto destacado pelos manifestantes é que a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Birigui está com 100% de ocupação dos leitos.

No retorno das aulas ocorrido no início do ano, vários professores foram infectados pelo novo coronavírus e pelo menos quatro morreram em decorrência de complicações da doença.

A expectativa dos professores é a de que consigam sensibilizar as autoridades para que adiem a volta às aulas presenciais até que todos os profissionais da educação sejam imunizados contra a Covid-19.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE