Oi, o que você está procurando?

SP

Polícia Civil interrompe festa clandestina com cerca de 100 pessoas

Máquinas de cartão de crédito, um notebook, um microfone e mesas de som foram apreendidos

A Polícia Civil interrompeu, na noite sexta-feira (2), um evento clandestino com aproximadamente 100 pessoas, na rua Severino Arboleia Imbernon, no bairro Cidade A. E. Carvalho, na zona leste de São Paulo. A festa descumpria as medidas de segurança contra a proliferação da Covid-19.

Agentes do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE), em apoio a Força Tarefa do Governo do Estado, prestou auxílio à prefeitura, aos órgãos de vigilância sanitária e Procon, e se deslocaram até o local, que estava com as portas abaixadas, mas em funcionamento.

As equipes se depararam com um evento que contava com música ao vivo e DJ. Os frequentadores não utilizavam máscaras de proteção contra o coronavírus. Diante do fato, foram elaborados autos de infração pela prefeitura, vigilância sanitária e Procon.

Durante a ação, um dos presentes se exaltou contra as equipes e por este motivo, foi encaminhado à delegacia junto com o proprietário, alguns funcionários e outros participantes. Cinco máquinas de cartão de crédito, um notebook, duas mesas de som e um microfone foram apreendidos.

O caso foi levado à Divisão de Investigações sobre Crimes contra a Administração, Combate à Corrupção e Lavagem ou Ocultação de Bens, Direitos e Valores do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), onde foi registrado como infração de medida sanitária preventiva, desacato e resistência.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
30