Oi, o que você está procurando?

CACHOEIRA DO PIRIÁ

No Pará, o garimpo ocupa até as casas, mas só semeia pobreza, doença e mortes

Trabalhadores do garimpo urbano cavam poços de até 100 metros de profundidade nos quintais, impregnados de mercúrio, e transportam dinamite em bicicletas

João Paulo Guimarães/Agência Pública

Cachoeira do Piriá no Estado do Pará é um município que respira garimpo. Respira, bebe e come através da utilização de mercúrio na garimpagem de ouro dentro da área urbana, que  se confunde com a área rural pois o estilo de vida é o mesmo. As criações de porcos, galinhas caipiras e patos, assim como as hortas que crescem nos quintais das casas, usam a água que vem dos córregos ou igarapés e compartilham a terra utilizada na garimpagem. O mercúrio também é encontrado na criação desses e nas hortaliças cultivadas.   

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
41