Oi, o que você está procurando?

covid-19

Militares do exército chegam a Araçatuba para fazer desinfecção de unidades de saúde

O pedido de apoio para desinfecção e sanitização dos espaços foi feito pela prefeitura e essa semana o trabalho será em três unidades

Imagem Ilustrativa

Militares do 37º Batalhão de Infantaria Leve (BIL) “General Silvino Castor da Nóbrega, com sede em Lins, estão em Araçatuba para realização do trabalho de desinfecção nas UBSs (unidades básicas de saúde). O pedido de apoio para desinfecção e sanitização dos espaços foi feito pela prefeitura e essa semana o trabalho será em três unidades.

O efetivo encaminhado pelo exército nesta quinta-feira (8) é de 12 homens, que chegaram no período da manhã. Eles passaram pela prefeitura e na sequência foram às unidades de saúde para início dos trabalhos. De acordo com o capitão capitão Maurício Sousa Gomes de Oliveira, chefe da Agência de Comunicação Social do 37º BIL, não é preciso interditar as unidades e o período de maturação dos produtos é de aproximadamente 20 minutos.

As unidades que receberão a descontaminação e sanitização nesta quinta-feira são, UBS Pedro Perri, na rua Nege Cury, UBS Planalto, na rua José Caetano Ruas e UBS Umuarama II, na rua Joaquim Cândido. O capitão explicou que o efetivo deverá retornar à cidade na próxima semana para continuidade dos trabalhos.

Esse trabalho solicitado ao 37º Batalhão pela Prefeitura de Araçatuba integra a Operação Covid-19, do Ministério da Defesa. Instituída por diretriz ministerial, a ação ativou 10 comandos conjuntos em apoio aos órgãos de saúde e de segurança pública no combate ao novo coronavírus.

Esses comandos conjuntos têm como objetivo apoiar os órgãos de segurança pública no controle de acesso às fronteiras, empregar os meios de defesa biológica, nuclear, química e radiológica para descontaminação de material, empregar pessoal militar e servidores civis em campanhas de conscientização, apoiar com meios de transporte, fornecimento de alimentação e alojamento para as equipes envolvidas, estabelecer ligações com os órgãos estaduais responsáveis por ações sanitárias e até apoio na triagem de pessoas suspeitas de infecção e encaminhamento aos hospitais.

O apoio foi solicitado pela Prefeitura de Araçatuba devido ao elevado índice de pessoas infectadas pelo Covid-19, a alta taxa de ocupação dos leitos hospitalares e o elevado número de óbitos.

Os militares que estão em Araçatuba integram a turma de desinfecção e estão com trajes específicos para este tipo de trabalho. O trabalho é dividido em três etapas, começando pela aplicação de produto desinfetante (hipoclorito), aplicação de água e por fim aplicação de solução de álcool 70% em locais de uso coletivo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
28