Oi, o que você está procurando?

internos

Menores da Fundação Casa em Araçatuba se rebelam e ameaçam e agridem funcionários

Os menores faziam gritos de apologia a uma facção criminosa e chegaram a agredir funcionários

Fundação Casa de Araçatuba

Seis adolescentes com idades entre 14 e 16 anos estão sendo acusados de ato infracional por lesão corporal e ameaça contra cinco funcionários da Fundação Casa de Araçatuba. O caso aconteceu no final da noite desta terça-feira e teve início no dormitório de número 8. Os menores faziam gritos de apologia a uma facção criminosa e chegaram a agredir funcionários.

Por volta das 23h internos do dormitório 8 começaram a chutar a porta e dar gritos de apologia com os dizeres PCC (Primeiro Comado da Capital) e 1533, a sigla usada pela facção. Quando os agentes abriram a porta, um adolescente de 14 anos assumiu a autoria e partiu para o enfrentamento a um agente de 41 anos.

A mesma conduta foi observada no dormitório 4, onde nenhum dos quatro adolescentes se apresentou como autor e todos estavam alterados. Eles partiram para cima dos funcionários e foram contidos. Um jovem de 17 anos, de outro dormitório, começou a gritar, “aqui somos todos bandidos”, e também a tumultuar.

Quando abriram a porta do seu dormitório ele partiu para cima dos agentes também com agressões físicas. Os envolvidos ameaçaram de morte e agrediram os funcionários, que ficaram lesionados. Os menores infratores foram contidos e não houve dano nas instalações. Os funcionários agredidos passaram por exame de corpo de delito. A Polícia Civil vai apurar o caso.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
23