Oi, o que você está procurando?

Luto

Matriarca da família Devigo morre de Covid quatro dias após o filho

Matriarca da família Devigo, proprietária do Supermercados Rondon, morreu nesta sexta-feira (2), no Hospital Unimed Araçatuba

Dona Lídia tinha 86 anos e era viúva do empresário Pedro Devigo

Quatro dias após a morte do filho, a matriarca Lídia Devigo, 86 anos, faleceu por complicações da Covid-19. Ela era mãe do empresário Francisco Devigo, 62 anos, que morreu na segunda-feira (29), também vítima da infecção pelo novo coronavírus.

Dona Lídia estava internada no Hospital Unimed Araçatuba desde o dia 24 de março, mesmo dia em que o filho foi internado. Ela estava intubada e em ventilação mecânica.

A família Devigo é bastante conhecida em Araçatuba e região por seu empreendedorismo e pela fundação do Supermercados Rondon, com mais de 40 anos de atuação em Araçatuba, onde possui quatro unidades.

Dona Lídia deixa o filho Antônio, netos e bisnetos. Ela era viúva de Pedro Devigo, empresário que saiu de um sítio em Birigui e veio para Araçatuba no início da década de 1970.

Primeiro, Pedro Devigo adquiriu um bar, para depois montar uma máquina de beneficiamento de arroz que foi expandida para mercearia e, mais tarde, se transformou no Supermercado Rondon, na Rua Marcos Toquetão.

Os filhos Antônio e Francisco assumiram os negócios da família em 2002. Quatro anos depois, inauguraram a segunda unidade do supermercado, no Centro Comercial Cobrac. Em 2013, foi a vez da terceira loja, no Bairro Ipanema. A quarta loja foi inaugurada em dezembro de 2020, no Umuamara.

Em 2017, A Câmara Municipal de Araçatuba homenageou os 40 anos da empresa, com uma sessão solene.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
30