Oi, o que você está procurando?

Enfrentamento ao Coronavírus

Grupo de Araçatuba mantém intenção de compra de vacinas

Campanha "Vacina Araçatuba" mantém tratativas para a compra de outros dois imunizantes que também necessitam da aprovação da agência reguladora

Anvisa barrou a importação da vacina Sputinik V, de fabricação russa

O grupo de empresários comprometido com a compra de vacinas para Araçatuba continua empenhado em imunizar contra a Covid-19 toda a população com idades entre 18 e 59 anos, apesar de a vacina Sputinik V não ter a sua importação autorizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

“A possibilidade de a vacina Sputnik V não ter sua importação autorizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) já estava prevista desde o início dos trabalhos”, informa nota enviada pela assessoria de imprensa da campanha Vacina Araçatuba.

Por esse motivo, o grupo mantém tratativas para a compra de outros dois imunizantes que também necessitam da aprovação da agência reguladora.

“Qualquer imunizante que venha a ser adquirido, deverá estar dentro dos parâmetros de segurança e eficácia estabelecidos pela Anvisa”, afirmou o grupo, por meio de sua assessoria.

A meta da campanha é arrecadar R$ 13,2 milhões para a compra de 220 mil doses de um imunizante contra a Covid. Uma das opções é a aquisição da vacina Astrazeneca, desenvolvida pela Universidade de Oxford.

 

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE