Oi, o que você está procurando?

Ex-vereador

Filhos de ex-namoradas de Jairinho confirmam sessões de tortura

As agressões foram relatadas pelas mulheres durante o inquérito que apura a morte de Henry Borel Medeiros, de 4 anos

À esquerda o vereador Dr. Jairinho, à direita Monique Medeiros com o filho Henry Borel (Foto: Montagem CNN)

Os filhos de duas ex-namoradas do médico e vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido), confirmaram terem passado por sessões de tortura com o parlamentar. As agressões foram relatadas pelas mulheres durante o inquérito que apura a morte de Henry Borel Medeiros, de 4 anos. As informações são do jornal Extra.

Após as denúncias, outros dois inquéritos foram abertos e as crianças ouvidas na Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV). Conforme o Extra, uma das crianças ouvidas é a filha de uma cabeleireira. A mulher conheceu Jairinho em 2010 e chegou a ficar noiva do vereador, com quem manteve um relacionamento até 2014.

Em seu depoimento À DCAV, a menina, de 13 anos, contou ter tido a cabeça batida pelo então padrasto contra a parede do box de um banheiro. Ela relatou ainda ter sido pisada por ele nos fundos de uma piscina para que não conseguisse levantar e respirar.

A polícia também ouviu a avó da criança que afirmou ter estranhado o comportamento da neta quando ela lhe agarrou e, chorando e vomitando, pediu para que não a deixasse sair sozinha com Jairinho.

A segunda criança a depor foi o filho da estudante Débora Melo Saraiva, que começou a se relacionar com Jairinho em 2014 e diz ter ficado com ele durante seis anos, entre idas e vindas. De acordo com o relato do menino, atualmente com 8 anos, o vereador colocou um papel e um pano em sua boca, avisando que ele não poderia engoli-los.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE