Oi, o que você está procurando?

FLAGRANTE

Estudante de medicina é preso em flagrante por tráfico de drogas em Araçatuba

No apartamento dele havia maconha, LSD, ecstasy, anabolizantes, maconha e balança de precisão

Um estudante de medicina de 20 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas na manhã desta quinta-feira (29) por policiais civis do GOE/Deic (Grupo de Operações Especiais da Divisão Especializada em Investigações Criminais) em seu apartamento, em um condomínio localizado no bairro Concórdia, em Araçatuba, onde policiais encontraram vários tipos de drogas, anabolizantes e balança de precisão.

O estudante e a namorada dele, que faz medicina, já vinham sendo investigados pela prática de tráfico de drogas. Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira a equipe foi cumprir mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Criminal da Justiça de Araçatuba no apartamento do rapaz e da namorada dele, que fica em outro condomínio no mesmo bairro.

Tráfico em Araçatuba

Acusado fazia propaganda de anabolizante em seu perfil na rede social

Tráfico de drogas

A primeira ação foi no apartamento do rapaz, às 6h. Os policiais chegaram no apartamento e entraram após arrombar a porta. O estudante foi surpreendido na sala e acompanhou as buscas. Os policiais encontraram uma balança de precisão sobre um balcão. No armário da cozinha havia dezenas de frascos de anabolizantes, sobre uma mesa dois telefones celulares de uso pessoal, no armário de seu quarto havia cinco potes com maconha a granel e uma porção da mesma droga envolta em plástico transparente.

Em um criado mudo no mesmo quarto, em uma gaveta trancada, foram encontrados 17 comprimidos de ecstasy embalados em seis saquinhos plásticos do tipo zip lock, sete micropontos de LSD acondicionados em um saquinho plástico do tipo zipo lock, além de 12 saquinhos zip lock vazios, idênticos aos que embalavam as drogas sintéticas.

Depois a equipe foi até o condomínio de apartamentos onde mora a namorada dele, que  estava com a mãe no local. Os policiais fizeram as busca mas não encontraram nada de interesse para as investigações policiais.

O estudante não disse para que eram as drogas sintéticas e a maconha encontradas em seu apartamento. Sobre o anabolizante, alegou que era para consumo próprio, mas ao ser indagado sobre a quantidade excessiva daqueles produtos, não disse nada. Os policiais esclarecem que é incomum uma pessoa ser viciada em vários tipos de drogas diferentes e, em pesquisas em fontes abertas nas redes sociais do acusado, foi possível ver que ele faz propaganda de drogas ilícitas, o que caracterizava tráfico de drogas.

O rapaz foi preso em flagrante por tráfico de drogas e ficou à disposição da Justiça. A família dele é de fora e a mãe foi informada sobre sua prisão.

Trabalhador rural é preso por tráfico de entorpecentes em Avanhandava

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
28