Oi, o que você está procurando?

luto

Morre aos 105 anos um dos comerciantes mais antigos de Araçatuba

A morte foi por causas naturais e ele estava em casa, onde morava com filhas e um genro, na rua Torres Homem, no centro de Araçatuba

Morreu na madrugada deste sábado aos 105 anos, o comerciante Buheji Saito, um dos comerciantes mais antigos de Araçatuba e o representante mais velho da comunidade nipo-brasileira do interior. A morte foi por causas naturais e ele estava em casa, onde morava com filhas e um genro, na rua Torres Homem, no centro de Araçatuba.

Saito entre familiares

Saito manteve por décadas a Casa Saito, uma mercearia na rua Torres Homem esquina com a Tabajaras, onde hoje funciona uma loja de produtos japoneses de uma de suas filhas e do genro. Apesar dos 105 anos, Saito ainda trabalhava na produção artesanal de espetinhos de bambu, como uma forma de passatempo.

Ele também ficava diariamente na loja da filha e nunca perdeu o costume de interagir com os clientes. Ele era membro do Conselho Superior da Associação Cultural Nipo Brasileira de Araçatuba, onde foi grande colaborador e deixou o seu legado. Atualmente era integrante também da associação da terceira idade da comunidade nipo-brasileira de Araçatuba.

O comerciante recebeu importantes homenagens em vida, como a Comenda Kasato Maru, em 2008, ano em que foi comemorado o centenário da imigração japonesa no Brasil pela Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, além da Medalha Centenária da Câmara Municipal de Araçatuba.

Saito foi casado com a senhora Harui Saito (in memorian) e juntos tiveram quatro filhas  quatro filhos.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
25