Oi, o que você está procurando?

Estado de SP

TJSP promove ações na semana do Dia Internacional da Mulher

Campanha para enfrentamento da violência de gênero

Na semana do Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8/3, o Tribunal de Justiça de São Paulo promove ações para combater a violência de gênero e, também, para homenagear as mulheres que atuam no Judiciário.

Será exibida uma série de vídeos com magistradas e servidoras da Corte, onde compartilham fatos e histórias de suas trajetórias: seus desafios e conquistas e abordam a presença feminina no Judiciário Bandeirante. Os vídeos serão veiculados de 7 a 13/3 nas redes sociais do TJSP e no site, na área “Vídeos em Destaque”.

O objetivo é, na figura dessas sete mulheres, homenagear as mais de 22,6 mil profissionais que atuam no TJSP em todo o Estado. Participaram das entrevistas a desembargadora Maria de Lourdes Rachid Vaz de Almeida; as juízas Deborah Ciocci, Elizabeth Ashikawa e Joanna Terra; a secretária da Presidência, Cláudia Braccio Franco Martins; e as servidoras Rosangela Santos e Silvia Hanai.

Além dos vídeos curtos, com cerca de um minuto cada, o trabalho também envolve um vídeo inédito, de 15 minutos, que será exibido em duas edições especiais da visita monitora virtual ao Palácio da Justiça, Especial Dia Internacional da Mulher. As visitas são direcionadas ou público interno, com o envio do convite pelo e-mail institucional.

Projeto #Rompa

Nesta segunda-feira (8), às 14 horas, também será lançado pelo TJSP o Projeto #Rompa, com transmissão ao vivo pelo Youtube do TJSP – www.youtube.com/tjspoficial. O foco da nova campanha do Tribunal é estimular que vítimas de violência de gênero denunciem e procurem apoio para romper relacionamentos abusivos.

Afinal, diminuir a subnotificação de casos é fundamental, uma vez que o Brasil é o 5º país no qual mais se mata mulheres no mundo (de acordo com a ONU). Criada pelo TJSP, em parceria com a Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), a campanha também conta com o apoio das empresas e concessionárias ligadas à Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) e está aberta a novos apoiadores. Serão diversas ações ao longo do ano.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
62