Oi, o que você está procurando?

Araçatuba

Prefeitura, Ministério e Promotoria criam rede contra trabalho infantil

A ideia é que, uma vez ao mês, essas reuniões aconteçam para dar plena eficácia às normas do Estatuto da Criança e do Adolescente

Reprodução

Foi realizada, na manhã de quarta-feira (10), uma reunião virtual coordenada pelo Dr Joel Furlan, promotor da Infância e Juventude, com participação de autoridades como da Dra. Ana Raquel Machado Bueno, procuradora do Trabalho, do Ministério do Trabalho; Dra. Tabata Gomes Macedo Leitão, juíza do Trabalho em Araçatuba; a vice-prefeita Edna Flor e a secretária municipal de Assistência Social de Araçatuba, Suzeli Dennys de Oliveira, com sua equipe de trabalho; Dr. Marcelo Cury, delegado de Polícia; representantes do Comdica, do Conselho Tutelar, membros da Casa dos Conselhos de Araçatuba e convidados.

Representando o Executivo Municipal araçatubense, a vice prefeita Edna Flor esclareceu que o objetivo desta reunião foi coordenar ações numa rede de proteção à criança e ao adolescente, com relação ao trabalho infantil.

“Este era o objetivo maior, mas o que se busca é, através dessas pessoas, chegar-se a uma rede para se verificar, alem das questões especificas do trabalho infantil e dos atos infracionais, que há também uma interface de todas essas situações com a questão socioassistencial. É neste ponto que entram as políticas públicas que são de atribuição do município”.

Edna Flor considerou a reunião bastante produtiva, na qual ficaram definidas várias atribuições para os representantes que participaram do encontro. “A ideia é que, uma vez ao mês, essas reuniões aconteçam, no sentido que possamos dar plena eficácia às normas do Estatuto da Criança e do Adolescente”, adiantou.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
30