Oi, o que você está procurando?

Enfrentamento ao coronavírus

Dilador pede mais restrições a prefeitos e não descarta lockdown

Prefeito destacou a lotação das UTIs e enfermarias, o risco de faltar oxigênio e medicamentos para intubação e a dificuldade em contratar profissionais

O prefeito de Araçatuba, Dilador Borges (PSDB), encaminhou um áudio aos prefeitos da região pedindo que aumentem as restrições em seus municípios para baixar a contaminação pelo novo coronavírus. Ele também não descartou a possibilidade de decretar lockdown (bloqueio total das atividades), caso a situação não melhore.

Dilador destacou que a situação de Araçatuba é muito ruim. “Estamos estourados em UTI e enfermaria e, o que é pior, corremos risco de falta de oxigênio e de medicamentos de intubação, além da dificuldade de contratar gente para trabalhar”, afirmou. “O pessoal da saúde está muito receoso e cansado”, completou.

O prefeito pediu aos prefeitos que repensem a saúde de seus municípios e aumentem as restrições para baixar a contaminação. Ele também encaminhou uma cópia do decreto municipal editado nesta sexta-feira (26), com medidas mais restritivas em Araçatuba, que passam a valer a partir da próxima segunda-feira (29) até o próximo domingo (4).

Dilador disse, ainda, que se a situação não melhorar, será obrigado a decretar lockdown. “O que me preocupa é que isso vai pressionar as cidades próximas, como Birigui, Guararapes e Penápolis. O pessoal vai sair daqui para ir para outras cidades”, disse, citando que um lockdown seria por, pelo menos, 15 dias.

“Peço que repensem a saúde de vocês e aumentem as restrições para fazer com que baixe esta contaminação. Está muito díficil. Vamos em frente com fé para a gente vencer todas essas dificuldades”, finalizou.

Decreto

Nesta sexta-feira (26), o prefeito editou um novo decreto, com mais restrições, proibindo o chamado pegue e leve em bares, restaurantes, shoppings, galerias e em lojas de materiais de construção, sendo permitidos apenas o delivery e o sistema drive-thru. Os estabelecimentos deverão permanecer com as portas fechadas, não sendo permitido o funcionamento à meia-porta.

Nos supermercados, o decreto também limita a permanência de apenas um cliente a cada 40 metros quadrados da área de venda. Os depósitos ou distribuidores de bebidas só poderão funcionar até as 18h. Após este horário, deverão manter as portas fechadas e atender somente por delivery.

Já as lojas de conveniências dos postos de combustíveis só poderão vender bebidas alcoólicas até as 18h, aos sábados, domingos e feriados.

Feriado

O prefeito também antecipou para 1.º de abril de 2021 o feriado municipal de “Corpus Christi”, com o objetivo imediato de conter a transmissão e disseminação da Covid-19.

Leia o decreto clicando aqui.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
22