Oi, o que você está procurando?

Estado de SP

Corpo de Bombeiros salva mais de 200 mil vidas no ano de 2020

Instituição ligada à Polícia Militar realizou cerca de 270 mil resgates e salvamentos no Estado

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, participa de cerimônia de assinatura de portaria que regulamenta os Bombeiros Voluntários, recebe bandeira paulista que foi hasteada em Brumadinho, entrega 50 viaturas de resgate e 6 de salvamento aquático. O Governador e o Secretário da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos também receberam outorga do título de “Bombeiro Honorário” . Local: São Paulo/SP. Data: 20/03/2019. Foto: Governo do Estado de São Paulo

Seja em meio ao mar ou no fogo, no céu ou na terra, o Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo sempre está pronto para proteger a população como verdadeiros “anjos da vida”. E foi exatamente isso que os mais de 8,4 mil profissionais que integram a Instituição fizeram no ano de 2020. No período, os bombeiros paulistas salvaram mais de 200 mil vidas.

De janeiro a dezembro do ano passado, o Centro de Operações do CB (Cobom) atendeu 2,3 milhões de ligações pelo serviço de emergência 193. Ou seja, a cada 13 segundos um chamado foi atendido por telefone, resultando no atendimento de 480 mil ocorrências no ano.

Afogamentos, incêndios, acidentes, desastres naturais, engasgamentos são alguns dos casos em que um bombeiro é chamado e tem papel importante quanto à vida da vítima.

Em 2020, por exemplo, esses profissionais foram os responsáveis por um total de 271 mil salvamentos e resgates, que permitiram salvar 217 mil pessoas. No ano também foram combatidos cerca de 55 mil incêndios.

Trabalho preventivo

Nem só de apagar o fogo vive o Corpo de Bombeiros. A Instituição também possui um papel forte para evitar acidentes, em especial incêndios e afogamentos, com ações de orientação e conscientização que, somente no ano passado, alcançaram 2,1 milhões de pessoas. No caso de praias e balneários, 71,5 mil atividades de prevenção foram realizadas, como o famoso sinal sonoro com o apito feito por um guarda-vidas para que o banhista saia de uma área de risco.

Somado a isto, esse profissionais analisaram 39 mil projetos, realizaram 124 mil vistorias e emitiram 201 mil licenças em 2020. Estas ações são essenciais para evitar que um local funcione sem a estrutura e medidas de segurança necessárias.

Ou seja, é um trabalho minucioso que tem início com o estudo do projeto de uma edificação, verificando se tudo está de acordo e apontando o que é necessário adequar, e na sequência realizando a fiscalização para confirmar se o local está dentro das normas. O último passo é aprovar ou não o seu funcionamento, sempre visando a segurança da população.

Sobre o Corpo de Bombeiros Paulista

O Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo completa, nesta quarta-feira (10), 141 anos de existência. A unidade especializada da Polícia Militar foi criada em 1880, após um grande incêndio que destruiu a biblioteca da Faculdade de Direito e o arquivo do Convento de São Francisco, no tradicional largo da Capital.

Com uma equipe capacitada para atuar nas mais diversas situações de risco, a instituição tem como missão atuar como coordenador do sistema estadual de emergências do Estado, provendo proteção e resposta imediata a incêndios, salvamentos e resgates, além de atuar na prevenção destes acidentes.

Atualmente, o CB paulista conta com mais de 8,4 mil profissionais; 2,2 mil viaturas; e mais de 700 embarcações. A Instituição é formada por 20 grupamentos, incluindo o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), 247 Estações de Bombeiros, cinco Centro de Operações, além de um Centro de Suprimento e Manutenção de Materiais Operacionais e a Escola Superior para formação de profissionais.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
49