Oi, o que você está procurando?

Araçatuba

Com 96% de ocupação, Santa Casa tem apenas um leito de UTI Covid disponível

Dos 25 leitos de UTI Covid disponíveis, 24 estão ocupados por pacientes de Araçatuba e região

A Santa Casa de Araçatuba tem apenas um leito na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponível para pacientes com diagnóstico positivo ou suspeita de Covid-19. Dos 25 leitos disponíveis no hospital, 24 estão ocupados, o equivalente a 96% de ocupação. É o maior índice registrado desde o início da pandemia, segundo relatório do Departamento Regional de Saúde (DRS II) emitido na tarde deste domingo (7).

Os 24 pacientes internados na UTI são de Araçatuba e de outros municípios da região, pois o hospital é referência para 40 cidades do Noroeste Paulista. Na enfermaria da Santa Casa estão internados 42 pacientes, um a menos do que ontem (6), quando havia 43 hospitalizados nos leitos de isolamento. Neste caso, restam 22 leitos, o que representa uma ocupação de 67,7%.

O agravamento da pandemia, com o aumento de casos, internações e mortes, levou médicos a gravarem vídeos e áudios alertando sobre o colapso iminente do sistema hospitalar.

Situação crítica

A diretora administrativa do Hospital Unimed Araçatuba, médica Vilma Shinzato, gravou um vídeo neste domingo (7), no qual pede que a população fique em casa, porque a situação nos hospitais da região é crítica. Ela disse que o hospital possui um plano de contingência para abertura de novos leitos, mas lembra que são necessários insumos e pessoal capacitado para administrá-los. “Esta capacidade é finita”, disse.

Neste fim de semana, o hospital abriu a sua terceira UTI Covid, com capacidade para mais nove leitos, dos quais dois já estão ocupados. Na UTI 1, estão 12 pacientes, mesmo número de ocupação da UTI 2. Isso significa que o hospital tem 26 pacientes internados, quatro a mais em relação ao sábado.

“A situação nos hospitais da região é crítica. Pedimos a ajuda da população, para que fiquem em casa, e para que todo paciente que precisar de atendimento de urgência, de tratamento intensivo e de ventilação mecânica, possa receber isso no hospital”, afirmou.

Colapso

A principal preocupação é com os próximos 15 dias, que devem ser os piores, desde o início da pandemia. O médico Vinícius Nakad, intensivista do Hospital Unimed Araçatuba, também fez um alerta, em áudio gravado e compartilhado nas redes sociais.

“Chegou um determinado ponto que praticamente não temos mais vagas de UTI na nossa região. Chegou aquele momento que o dinheiro não vale nada. Ahh eu vou pegar um avião e vou para o Einstein ou Sírio, não tem vaga. Ahh eu vou para os Estados Unidos, você não vai entrar nos EUA de avião. A coisa ficou feia, estamos em colapso”, afirmou.

Nakad disse que o sistema hospitar já está em colapso e pede que as pessoas não saiam de casa. “A coisa ficou feia, estamos em colapso. Não saiam de casa, não aglomera, não vai jogar baralho, não vai na academia, não é hora de ir na missa”, enfatizou, dizendo estar apavorado com a situação.

92 internados

Os hospitais da cidade têm, hoje, 92 pacientes Covid internados. Na sexta-feira, eram 90. No mesmo dia, foram confirmadas cinco mortes, chegando aos 310 óbitos, número que também subiu com a confirmação de duas novas mortes pela Santa Casa de Araçatuba. Tratam-se de um homem de 74 anos, que estava internado desde o dia 22 de fevereiro e morreu nesse sábado (6), e de uma mulher de 67 anos, internada desde o dia 27 de fevereiro e que também faleceu no sábado.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
39