Oi, o que você está procurando?

COTIDIANO

Rodrigo Bocardi afirma ter sido ameaçado por Nego Di, do BBB21

Apresentador ainda chamou ex-participante do Big Brother Brasil de "valentão"

O apresentador do Bom Dia SP, Rodrigo Bocardi, afirmou que já foi ameaçado por Nego Di, terceiro eliminado do BBB21 com 98,76% dos votos nessa terça-feira (16/02). A acusação foi feita durante a participação no programa Ponto Final, da rádio CBN.

“Isso que vou contar agora reflete muito o que é a vida e tem tudo a ver com o grande assunto dia, que envolve também um valentão, aquele soberano, que está acima de todos e de tudo, que acha que pode dominar o mundo e desrespeitar quem quer que seja”, iniciou.

Segundo o jornalista, sua família chegou a sofrer ameaças por causa do ex-BBB, no ano passado. “Nego Di, esse mesmo Nego Di que hoje no programa da Ana Maria Braga quase chorou, dizendo que o filho está sendo ameaçado, que não pode ir para a escola, que ele está sofrendo ameaças inclusive de morte. Esse mesmo Nego Di foi quem fez uma acusação seríssima contra mim no mês de abril e que todos os seguidores dele, já que ele fez uma ameaça, do Rio Grande do Sul, na sua maioria, endossaram a crítica que ele fez e começaram a perturbar a minha vida e a da minha família com a maior intensidade possível”, disse.

O apresentador chegou a ler algumas das mensagens ameaçadoras, mas garantiu que a intenção não era tripudiar sobre o ex-BBB. “É triste ver a pessoa passar por aquilo que ela desejou para o outro, mas traz um pouco de reflexão e esperança. Quem sabe não serve de reflexão para tantas pessoas, inclusive para o valentão”.

Acusação de racismo

Em fevereiro do ano passado, Bocardi foi acusado de racismo após perguntar a um jovem negro no metrô se ele estava indo ao clube para pegar bolinhas de tênis. Na época, ele se defendeu nas redes sociais e pediu desculpas.

“Muito triste a acusação de preconceito. Eu pratico tênis no Clube Pinheiros. Os jogadores de tênis não usam uniformes, mas os pegadores/rebatedores, sim: uma camiseta igual a do Leonel, com quem tive o prazer de conversar hoje. Ao vê-lo com a camiseta que vejo sempre, todos os dias, pegadores/rebatedores de todas as cores de pele, pensei que fosse um deles”.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!