Oi, o que você está procurando?

Região

PM apreende droga sintética que seria levada para o presídio de Lavínia

Substância estava com uma mulher, moradora de São Paulo, cujo marido cumpre pena por roubo na penitenciária

Uma ação da Polícia Militar resultou na apreensão de uma droga sintética conhecida como K4, que seria levada para a penitenciária de Lavínia, na região de Araçatuba (SP). Um mulher foi detida com a substância e liberada após o registro da ocorrência na madrugada deste sábado (6).

Ela não pode ser autuada em flagrante por falta de comprovação pericial da droga. No entanto, após a emissão do laudo, a mulher deverá ser indiciada por tráfico de drogas, crime que prevê pena de 5 a 15 anos de prisão.

A PM de Lavínia abordou  um GM Classic com placa de São Bernardo do Campo, dirigido pela mulher, esposa de um preso que cumpre pena de 11 anos por roubo na penitenciária.

Em busca pessoal, uma policial feminina achou 75 pedaços de uma folha áspera, sendo 41 de cor amarela e 34 de cor azul, aparentando ser substância entorpecente sintética .

A abordada relatou à equipe que pegou a referida substância de uma mulher na estação Barra Funda, em São Paulo e que iria entregar pra outra pessoa na porta da Penitenciária de Lavínia, mas não soube informar nomes. Ela relatou que ganharia R$ 600. As folhas foram encaminhadas ao IC (Instituto de Criminalística) para análise.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
23