Oi, o que você está procurando?

Pandemia

Menino de cinco anos morre de Covid-19 em Araçatuba

A criança estava hospitalizada e faleceu no dia cinco de fevereiro; município confirmou mais 154 casos da doença nesta sexta-feira

ALEXANDR GNEZDILOV LIGHT PAINTING/GETTY IMAGES

A Secretaria Municipal de Saúde de Araçatuba confirmou a morte de um menino de cinco anos, em decorrência da Covid-19. É o primeiro óbito de criança pela doença registrado no município. Ele é a 267ª vítima da doença na cidade. A morte do garoto, que estava hospitalizado, ocorreu no dia cinco de fevereiro e foi confirmada nesta sexta-feira (12) pela Vigilância Epidemiólogica.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, a criança estava internada em outro município, mas como sua cidade de origem é Araçatuba, o óbito foi registrado aqui.

Nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 154 casos positivos da doença, totalizando 13.036 pacientes infectados desde o início da pandemia – até essa quinta, eram 12.882. Há, ainda, 320 pessoas à espera de resultado de exames.

Nesta sexta, não houve atualização do número de pacientes recuperados da infecção. Os dados serão divulgados na próxima segunda-feira (15), segundo a Vigilância. Portanto, o número de curados permanece nos 12.286 confirmados na última sexta-feira (5).

Em relação aos casos suspeitos, foram notificados mais 150. Estas pessoas devem aguardar a data para a realização dos exames. Até agora, são 37.440 casos suspeitos notificados, mas, destes, 24.084 tiveram resultado negativo para Covid.

Nos hospitais da cidade, houve três altas médicas e uma nova internação. Agora, são 44 pacientes internados para tratamento da Covid-19, sendo 27 em leitos de enfermaria e 17 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), dos quais 12 estão em ventilação mecânica.

Conforme o boletim emitido nesta tarde, 1.378 pessoas estão em monitoramento ou tratamento domiciliar, 198 a menos em relação aos dados de quinta-feira. Estes pacientes devem permanecer em isolamento social por um período de 14 dias, no caso de terem sido diagnosticadas com a infecção, ou até que saia o resultado do exame e o mesmo dê negativo, para aquelas que estejam com a suspeita da doença. O objetivo é evitar a propagação do novo coronavírus.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!