Oi, o que você está procurando?

Turismo

Mário Celso lança “A Península dos Grandes Lagos”, a nova rota do turismo paulista

Encontro na última sexta-feira (26) teve a participação de prefeitos e lideranças políticas da região

Nasceu em Andradina a mais nova iniciativa turística do Estado de São Paulo. Batizada de “A Península dos Grandes Lagos”, seu lançamento oficial aconteceu em Andradina na última sexta-feira (26 de fevereiro) na sala de cinema 1 do Oeste Plaza Shopping, durante um workshop da Amensp (Associação dos Municípios do Extremo Noroeste do Estado de São Paulo). A construção de um novo destino para o do turismo no Estado de São Paulo, partiu da visão do presidente da Amensp, o prefeito de Andradina, Mário Celso Lopes, que traz em seus empreendimentos a visão do compartilhamento.

Mário Celso é o CEO do maior investimento particular do Estado de São Paulo, o Parque Temático Aquático Acqualinda, com um investimento de R$ 500 milhões. Construído no entroncamento das Rodovias Euclides de Olivera Figueiredo e a Marechal Rondon, o Acqualinda, com capacidade para receber 15 mil pessoas por dia, será uma vez e meia maior que o Thermas dos Laranjais, que hoje é o maior parque aquático do estado na atualidade.

Ciente da transformação econômica que o parque representa não só para Andradina, como para as cidades da região, Mário Celso pretende que os municípios que compõe a Amensp também usufruam da nova fase de desenvolvimento regional que será impulsionada pela atividade turística. “A região vai cumprir os destinos das grandes penínsulas turísticas do mundo com a infraestrutura necessária e criando um roteiro de turismo original”, explica Mário Celso.

Os municípios que fazem parte da Amensp são Andradina, Bento de Abreu, Castilho, Guaraçaí, Ilha Solteira, Itapura, Lavínia, Mirandópolis, Murutinga do Sul, Nova Independência, Pereira Barreto, Rubiácea, Sud Mennucci, Suzanapólis e Valparaíso.

A Península

A alusão a península se dá a constatação geográfica de que os municípios da Amensp estão todos localizados dentro de uma área limitada pelas bacias hidrográficas formadas pelos rios Paraná, Tietê e Aguapeí. “Vamos fazer aqui o nosso momento. A nossa oportunidade e por isso vamos discutir juntos o futuro do turismo da região, tendo em vista a inauguração do Parque Temático Acqualinda e as características do turismo de cada município que compõem a nossa península”, disse Mário durante o evento.

Grisa eleva a força dos novos distritos turísticos

Na segunda palestra do workshop, ministrada por Gustavo Grisa, que é consultor da Invest/SP e diretor de Projetos Estratégicos da Secretaria de Turismo do Estado, foi elevada a iniciativa da “Península dos Grandes Lagos”, dada a importância dada pelo Governo do Estado d São Paulo a criação dos Distritos Turísticos. Grisa avaliou a importância de se promover o desenvolvimento Estratégico do Turismo na Região da Península, para que os municípios possam aproveitar ao máximo as oportunidades qe surgirão diante o advento da implantação do Acqualinda em Andradina.

Os Distritos Turísticos são um projeto do Governador do Estado de São Paulo, João Doria através da Secretária de Turismo que tem a frente o secretário Vinicius Lummertz.Os distritos serão áreas delimitadas de acordo com o potencial turístico de cada região. A avaliação do Governo do Estado levará em conta atributos naturais, relevância histórica, e presença de complexos de lazer, parques temáticos e orla marítima.

A nova lei permitirá a criação de novos destinos turísticos dentro do estado, como está acontecendo na região da Serra Azul, que reúne os municípios de Itupeva, Jundiaí, Louveira e Vinhedo.

“O Governo de São Paulo leva a sério a atividade do turismo e tem objetivo de aumentar a atividade interna, visto que a população paulista é a que mais movimenta dos destinos turísticos no país enquanto o Estado é um dos que menos recebe turistas”, disse Grisa.

O palestrante afirmou que é preciso ordenar para permitir que os empreendimentos venham. “Teremos aqui um polo regional de turismo com a sede em Andradina, mas o turismo na prática desenvolve toda a região, mesmo o menor município, onde não se identifica uma atração, é importante para ter a infraestrutura que o distrito turístico vai precisar. Atualmente, temos outras regiões de grande potencial para o desenvolvimento do turismo e uma delas é o Vale do Ribeira, que já foi considerada uma das regiões mais pobres do Estado, mas por sua vocação para o ecoturismo vai mudar a sua realidade”, disse.

Comunicação

Com o tema “Comunicação Institucional, Relações Públicas e Posicionamento de Marca, a terceira palestra foi feita pela publicitária Carla Jorge, que é relações públicas e idealizadora do Grupo Teodora. Ela também é especialista em Marketing e Comunicação Integrada e Mídias Digitais.

O encerramento do workshop será feito por Silvio Barros, que é empreendedor, palestrante e consultor, com o tema da palestra será “Desafios da Tecnologia – Decisões de Hoje definem o Futuro” (Confira matéria completa).

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
68