Oi, o que você está procurando?

Política

Câmara vota repúdio contra decisão de Doria que reduz verbas para Santas Casas

Governador determinou corte de 12% nos recursos destinados às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos

A Câmara de Araçatuba vota, nesta segunda-feira (22), uma Moção de Repúdio uma à decisão do governador João Doria (PSDB) de determinar corte de 12% nos recursos destinados às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos. O documento, apresentado pelo vereador Lucas Zanatta (PV), afirma que os recursos serão retirados dos programas Pró-Santa Casa e Programa Sustentável e que a medida vai atingir 180 unidades hospitalares que deixarão de receber aproximadamente 41 milhões de reais por ano.

Ele alega, ainda, em seu pedido, que as Santas Casas e hospitais filantrópicos representam 56%, portando, mais da metade, das internações do SUS em todo o Estado e que a Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo), em declaração recente, alertou que a diminuição destes recursos vai afetar o atendimento a todos os pacientes, qualquer que seja o motivo da internação.

Zanata, alega, ainda, a favor da aprovação da moção, que houve um aumento de 70% no orçamento de propaganda no Governo Estadual e que o Governo do Estado de São Paulo recebeu bilhões em recursos da União para o combate à Covid-19. “O corte de 12% trará impactos preocupantes no equilíbrio operacional e na gestão da Santa Casa de Araçatuba”, diz ainda ele.

A moção de repúdio é um dos setes itens que serão colocados em votação na sessão desta segunda-feira. Os trabalhos legislativos da 4ª sessão ordinária do ano serão transmitidos pela internet.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
26