Oi, o que você está procurando?

Mundo Animal

PM Ambiental apreende 10 cobras na casa de criador em Mirandópolis

As serpentes foram apreendidas e destinadas ao Centro de Conservação da Fauna Silvestre

Uma denúncia levou a Polícia Militar Ambiental a apreender 10 cobras da espécime exótica corn snake na casa de um morador de Mirandópolis – cidade que fica a cerca de 70 km de Araçatuba. A ação ocorreu nesta quarta-feira (20).

Durante patrulhamento pelo município, e equipe recebeu informação de que um morador estaria criando e comercializando serpentes exóticas. O morador franqueou a entrada dos policiais, que encontraram os exemplares.

O dono dos animais informou aos policiais que adquiriu as serpentes há cerca de quatro anos, quando ainda morada em São Paulo, e que desde então se dedica na domesticação e trato por hobby e não para o comércio.

Dentre as dez cobras encontradas ali,  os PMs acharam seis filhotes recém-nascidos acondicionados em recipientes individuais. Segundo o morador, tais cuidados são necessários para a sobrevivência das serpentes.

Por se tratar de infração ambiental prevista no Art. 26 da resolução SMA n° 48/14,  a PM Ambiental lavrou um Auto de Infração Ambiental com penalidade de multa simples no valor de R$ 4.000,00.

As serpentes foram apreendidas e destinadas ao Centro de Conservação da Fauna Silvestre, no município de Ilha Solteira.

A espécie é comumente encontrada em florestas caducifólias, encostas rochosas e áreas agrícolas do sul dos Estados Unidos, onde predomina o clima temperado. No entanto, as corn snakes conseguem tolerar bem nosso clima tropical também.

Elas vivem, em média, de 15 a 20 anos e podem atingir até 1,5 metros de comprimento. São quase 20 classificações de cor, sendo que a maioria é encontrada na forma clássica, apresentando uma coloração alaranjada com manchas vermelhas contornadas de preto.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!