Oi, o que você está procurando?

🐬

Pescador salva filhote de golfinho preso em rede: ‘Ganhei o ano’

Augusto diz que não foi a 1ª vez que resgata um animal. Vídeo foi gravado em Guarujá, no litoral de SP.

O vídeo de um pescador salvando um filhote de golfinho que estava preso a uma rede de pesca viralizou nas redes sociais e emocionou internautas. O autônomo Augusto Muniz, de 39 anos, foi o responsável pelo resgate do animal, que ocorreu em Guarujá, no litoral de São Paulo. O momento em que o filhote é salvo foi registrado pelo amigo que o acompanhava (veja vídeo abaixo).

“Deus nos colocou lá na hora certa. Ganhei o ano”, diz Muniz no vídeo que viralizou na web.

Em entrevista ao G1 neste sábado (2), o autônomo relata que foi pescar com o amigo no último dia do ano, na altura da Praia do Guaiúba. Quando o tempo começou a virar, eles decidiram ir embora do local.

“Quando estava saindo de Guarujá, vi o animal e me chamou a atenção. Quando cheguei perto, era um golfinho, preso a uma rede. Creio que foi um acidente, prestei socorro na hora mesmo”.

Muniz explica que já havia feito outros salvamentos de animais no mar, que estavam enrolados em plásticos e sacolas, mas nunca havia socorrido um golfinho. No vídeo, é possível ver ele retirando a rede do filhote cuidadosamente e soltando o petrecho da boca do animal. Em seguida, o autônomo dá um beijo no golfinho e o devolve ao mar. Augusto relata que o animal ficou parado, como se estivesse aceitando a ajuda.

O autônomo e o amigo comemoraram a ação. “Deus me presenteou com a ação de salvar o golfinho”, diz emocionado. Ele conta que se sente grato por ter tido a chance de finalizar o ano dessa maneira.

Muniz explica que pratica pesca esportiva seletiva, e que o caso deve ter sido um acidente, já que os pescadores que utilizam redes geralmente as deixam em locais onde não vão ferir os animais marinhos.

O autônomo conta ainda que pratica pesca e mergulho nas horas vagas, mas que as saídas já renderam histórias parecidas. Ele já salvou tartarugas e peixes, que ficaram enrolados em objetos descartados irregularmente no mar.

Muniz afirma que respeita as espécies e o bem-estar dos animais, e que essa foi uma chance importante. O vídeo da ação viralizou nas redes sociais, alcançando milhares de internautas. O cuidado dele na hora do salvamento emocionou as pessoas.

“Peguei e dei um beijo nele, falei o que falei no vídeo e soltei. Terminei o ano muito feliz”, conclui.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!