Oi, o que você está procurando?

Enfrentamento ao coronavírus

Ministro diz a prefeitos que vacinação contra Covid começa dia 20 de janeiro

Serão distribuídas 8 milhões de doses em janeiro, sendo 2 milhões da Astrazeneca e 6 milhões da Coronavac, para os Estados

O prefeito Dilador Borges (PSDB) participou da videoconferência com o ministro Eduardo Pazuello, nesta quinta-feira (14)
O ministro Eduardo Pazuello informou a prefeitos de todo o Brasil que a vacinação contra a Covid-19 terá início em todo o Brasil na próxima quarta-feira (20). A afirmação foi feita durante vioconferência realizada nesta quinta-feira (14). O prefeito Dilador Borges (PSDB) participou da reunião.
A data do início da campanha de imunização contra a Covid-19, no entanto, depende de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberar o uso emergencial das vacinas Coronavac e Astrazeneca. A decisão da Anvisa sai no domingo (17).
As informações foram divulgadas pelos prefeitos em suas redes sociais. Os prefeitos de Salvador (BA), Curitiba (PR), Cuiabá (MT), Maringá (PR), Ribeirão Preto (SP) e Araucária (PR) são alguns dos que saíram da reunião informando que o governo marcou a data do dia 20 de janeiro para iniciar a vacinação em todo o Brasil.
Ainda não há definição da quantidade de doses que chegarão para cada cidade na próxima semana. Segundo o ministro informou aos prefeitos, a vacinação começará simultaneamente em todos os municípios e 8 milhões de doses serão distribuídas proporcionalmente, no mês de janeiro,  à população de cada Estado.
Está prevista a chegada, na próxima segunda-feira (18), de 2 milhões de doses da Astrazeneca para os Estados. Há, ainda, as 6 milhões da Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac, que, com a liberação da Anvisa, no domingo, deverão ser distribuídas a partir do início da próxima semana, para que a vacinação tenha início na quarta-feira (20). Em fevereiro, a previsão é de distribuir mais 30 milhões de doses.
O prefeito Dilador Borges afirmou, em suas redes sociais que, além da imunização da população contra a Covid-19, foram abordados também, durante a videoconferência, o apoio do governo federal aos municípios com a provisão de seringas e o aplicativo ConnectSUS, que interliga todas as Unidades Básicas de Saúde do Brasil.
“Como disse o ministro Pazuello, nós, prefeitos, trabalharemos ombro a ombro, focados na resolutidade, para superarmos esta fase e mudar a realidade dos números de infecções e óbitos, que nos afligem a todos”, disse Dilador.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
error: Conteúdo Protegido!
47