Oi, o que você está procurando?

lesão corporal e ameaça

Funcionário é agredido por colega de trabalho dentro de hospital particular em Araçatuba

Consta a vítima que não tem muito contato com o acusado e acredita que o fato tenha ocorrido em razão de sua orientação sexual

Um lavador de 27 anos procurou a polícia parta registrar um boletim de ocorrência após ser agredido, ameaçado e injuriado por um colega de trabalho dentro de um hospital particular de Araçatuba na tarde deste domingo. A vítima diz que é homossexual e o motivo seria o fato dele tê-lo cumprimentando, chamando-o pelo nome.

A vítima procurou a delegacia e relatou que durante o horário de trabalho se dirigiu ao acusado chamando-o pelo nome, apenas para cumprimentá-lo. Repentinamente foi atingido por um soco no rosto, ficando com ferimento na boca. Durante as agressões, segundo o lavador, o autor dos fatos o ofendeu chamando-o de “veadinho nojento, bicha”, entre outras ofensas.

Ao alertá-lo de que iria registrar a ocorrência, o acusado disse que ele poderia registrar, que de qualquer forma ele iria “pegá-lo lá fora”. Consta a vítima que não tem muito contato com o acusado e acredita que o fato tenha ocorrido em razão de sua orientação sexual, pois sempre tratou o autor com respeito.

Há câmeras de monitoramento que registraram o delito, bem como testemunhas que presenciaram o ocorrido. A vítima informa que deseja representar criminalmente contra o autor para que ele responda pelos fatos.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!