Oi, o que você está procurando?

Solidariedade

Empresa doa ferramentas para pedreiro que foi roubado duas vezes voltar a trabalhar

Para poder continuar trabalhando, ele fez um empréstimo

Sabe aquele ditado que diz que não há males que não venham para o bem? Foi assim com seu Nilton Evangelista Alves, um pedreiro de 56 anos de idade, de Brasília (DF), que teve suas ferramentas de trabalho roubadas duas vezes em menos de 60 dias.

No primeiro furto, os ladrões levaram a betoneira que ele tinha comprado com muito esforço e a carretinha de carregar o equipamento, um prejuízo de uns R$ 5 mil. Para poder continuar trabalhando, ele fez um empréstimo e comprou uma nova betoneira. Mas, em menos de 60 dias, os bandidos roubaram novamente não apenas o equipamento, como também todos as outras ferramentas de seu Nilton, um novo prejuízo de mais R$ 5 mil.

Endividado e sem condições de comprar tudo de novo, o pedreiro pensou em desistir. “Eu fiquei desesperado, sem ânimo pra trabalhar, sem motivação, com uma sensação de total desprezo“, confessou seu Nilton.

Mas depois de ter a história contada na televisão, uma empresa de tecnologia que tem o objetivo de promover uma rede de relacionamento e crescimento com profissionais da construção civil chamada Juntos Somos Mais, entrou em contato e decidiu doar os equipamentos que seu Nilton havia perdido para que ele pudesse voltar a trabalhar.

“Foi muito bom, graças a Deus! Foi uma atitude enviada por Deus. Eu fiquei muito alegre com esse presente“, disse.

A empresa doou um crédito de R$ 10 mil na loja de construção AC Coêlho. Ele comprou a betoneira e várias ferramentas das que havia perdido.

“Quando vimos a história do Sr. Nilton no dia do Natal ficamos muito sensibilizados. Nosso propósito, nossa solidariedade e vontade de ajudar o outro gritou! Imediatamente mobilizamos um time para ajudar o Sr Nilton e entregar a ele as ferramentas que precisa para continuar o seu trabalho. Além disso, nesta data tão importante do ano, entendemos que esta ação poderia levar mais esperança a todos os brasileiros, pois como comunidade todos nós precisamos de um 2021 mais alegre e saudável”, disse a CMO da empresa, Andrea Mendonça.

Assim como seu Nilton, um casal viu seu único instrumento de trabalho se perder em um rápido momento. Eles perderam a carreta em um incêndio e se abraçaram ao ver o único bem que tinham pegando fogo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE