Oi, o que você está procurando?

Futebol

Bragantino se impõe em casa e vence o Vasco por 4 a 1

Com gols de Ramires, Claudinho (x2) e Hurtado, Massa Bruta levou a melhor e subiu duas posição na tabela do Brasileirão

Diogo Reis/ AGIF

O Bragantino fez o dever de casa, na noite desta quarta-feira (20), e no Nabi Abi Chedid venceu o Vasco por 4 a 1, em jogo válido pela 31ª rodada do Brasileirão. Com o resultado o Massa Bruta chegou aos 41 pontos e pulou momentaneamente para a décima colocação. Já a equipe carioca tem 32 pontos, aparece no 16º lugar e segue na briga contra o rebaixamento.

O jogo

O Bragantino foi para cima do Vasco desde os primeiros minutos de jogo. Ytalo, aos cinco, aproveitou uma sobra na entrada da área, soltou o pé e viu a bola passar rente ao travessão. Na sequência, Edimar fez o cruzamento e Aderlan testou com perigo. Já aos 14, a insistência do Massa Bruta surtiu efeito com Ramires.

Após jogada bem trabalhada, Claudinho levantou na medida para o camisa 16 estufar as redes do Nabi Abi Chedid: 1 a 0. Sem tirar o pé do acelerador, o time da casa seguiu no ataque.

Ramires e Edimar tiveram novas chances, aos 22. O primeiro parou em Fernando Miguel e o segundo errou o alvo. Enquanto, aos 36, foi a vez de Artur e Helinho assustarem para o Braga, que por pouco não ampliou a contagem.

Depois das conversas nos vestiários, o Cruzmaltino voltou melhor para o segundo tempo e apareceu mais no setor ofensivo, principalmente em jogadas pelo alto. Do outro lado, o Bragantino manteve o ritmo da primeira etapa.

Claudinho e Hurtado arriscaram o arremate. Até que, aos 26, em cobrança de falta ensaiada, Claudinho novamente experimentou de fora da área e dessa vez acertou o ângulo da meta adversária: 2 a 0.

Correndo atrás do prejuízo, o Vasco descontou aos 32. Carlinhos mandou uma bomba, Cleiton deu rebote e Gabriel Pec apareceu para completar para o fundo da meta. O gol animou a equipe carioca que foi para cima. Mas, aos 40, Claudinho voltou a aparecer para o Massa Bruta.

O camisa 10 arriscou da entrada da área, a bola ainda desviou no meio do caminho e tirou qualquer chance de defesa: 3 a 1. O Vasco até tentou responder de novo com Gabriel Pec. Só que mais uma vez foram os donos da casa que balançaram as redes. Hurtado, aos 47, cobrou falta com muita categoria e deu números finais ao confronto.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!