Oi, o que você está procurando?

Vacinação contra a Covid-19

Auxiliar de enfermagem recebe a primeira dose da Coronavac em Araçatuba

Ato simbólico realizado no final da tarde desta quarta-feira (20) marcou o início da campanha de imunização contra a doença no município

Joana Darc Lopes Faria, de 53 anos, conhecida como Joaninha, que atua no Samu, recebe a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus

A campanha de vacinação contra a Covid-19 começou no final da tarde desta quarta-feira (20) em Araçatuba. A primeira a receber a vacina foi a auxiliar de enfermagem Joana Darc Lopes Faria, de 53 anos, conhecida como Joaninha, que atua há 20 anos na Saúde e hoje trabalha no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

O ato simbólico do início da campanha foi realizado no Samu, ao lado do pronto-socorro municipal, por volta das 17h, com a presença da vice-prefeita Edna Flor (Cidadania), do presidente da Câmara Municipal, Dr. Alceu (PSDB), além de outras autoridades e profissionais da imprensa.

A primeira a ser imunizada contra a Covid-19 em Araçatuba disse que as pessoas devem tomar a vacina tranquilamente e aderir ao enfrentamento do novo coronavírus.

“É muita alegria, uma felicidade intensa, dói menos que a vacina contra tétano, pode tomar tranquilo. Vão sem medo. Vamos fazer parte do enfrentamento à Covid-19”, afirmou Joaninha, ao ser questionada sobre o sentimento de ter aberto a campanha de vacinação na cidade.

A chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Saúde, Cida Nava, representou a secretária Carmen Guariente, que está em São Paulo, na Secretaria de Estado de Saúde, tratando de assuntos referentes à vacinação.

“Temos uma arma para lutar contra este vírus que tem nos causado muita angústia, muita tristeza. Com muita alegria que vivemos este momento, estamos muito emocionados, porque desde março temos trabalhado muito, numa luta desigual contra esse vírus. Nossos sinceros agradecimentos a todos os profissionais de saúde”, afirmou, ao pedir uma salva de palmas aos que atuam na linha de frente contra a Covid-19.

Entre lágrimas, ela afirmou à reportagem do Regional Press: “É bastante emocionante, vimos muitas pessoas partirem. A gente se sentia impotente quando via um óbito atrás do outro, as pessoas sendo hospitalizadas e entubadas. Hoje temos uma arma para lutar de igual para igual”, completou.

Doses

Araçatuba recebeu, nesta quarta-feira, 3.640 doses da vacina produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

A primeira remessa de vacinas será priorizada aos profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate ao Covid, ou seja, público considerado com maior vulnerabilidade devido ao frequente contato com pacientes nas unidades de atendimento, como por exemplo, UTI, SAMU e Pronto Socorro.

Posteriormente, serão vacinados idosos acima de 60 anos, indígenas e/ou quilombolas. Os demais seguirão o Plano Nacional de Imunização.

 

 

 

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!