Oi, o que você está procurando?

Fortaleza

Pastor é intimado após dizer que CoronaVac ‘tem HIV dentro’

Davi Goés ainda afirmou, durante culto no Ministério Canaã, em Fortaleza, que a vacina pode causar câncer e ‘alterar o DNA’

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) anunciou nesta terça-feira, 22, que intimou o pastor Davi Goés, do Ministério Canaã, de Fortaleza, a depor depois de declarações inverídicas sobre a vacina CoronaVac, que tem sido desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o Pastor Davi fala, durante um culto, que o imunizante “altera o DNA”, causa câncer e tem “HIV dentro”, sem apresentar nenhuma prova. “Muitas pessoas vão morrer de câncer, achando que foi câncer porque comeu alguma coisa, porque foi hereditário, porque tem família, por causa de um tumor, mas na verdade foi por causa da vacina. Depois que essa substância entrar no nosso organismo vai atingir o nosso DNA, um cientista francês disse que até HIV tem dentro dela”, afirmou.

No documento apresentado pela 85ª Promotoria de Justiça de Fortaleza, o Promotor de Justiça Ricardo Sant’Anna exigiu que o líder religioso apresente, em 15 dias, suas capacitações técnicas, científicas, sanitárias ou médicas, através de comprovante idôneo, diplomas ou certificados reconhecidos para “credenciá-lo como especialista qualificado a emitir análise sobre o tema abordado por ele”.

A não apresentação de tais documentos será interpretada como a ausência de conhecimentos específicos sobre o tema. A Promotoria também quer ter acesso a todo o vídeo da cerimônia que, de acordo com eles, teria durado mais de uma hora. “No dia 15 de dezembro Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) requereu, através de dois ofícios, a responsabilização cível e criminal para o pastor”, informou o órgão.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!