Oi, o que você está procurando?

administração pública

Prefeito eleito de Penápolis anuncia mais cinco nomes que comporão os secretariados

Caíque Rossi (PSD) e sua vice, a médica Mirela Fink (Podemos) fizeram o anúncio nesta tarde

Integram a equipe Fábio Ferracini, Pedro Sanchez, Carlos Bachiega, Daniel Rodrigueiro e Leandro Perez

O prefeito eleito de Penápolis, Caíque Rossi (PSD) e sua vice, a médica Mirela Fink (Podemos) anunciaram, no começo da tarde desta terça-feira (1º), mais cinco nomes que comporão a equipe de secretariados para o próximo mandato à frente do Executivo a partir de 1º de janeiro.

Dentre eles, está o do empresário Fábio Ferracini, que estará à frente da secretaria de Desenvolvimento e Trabalho. Empreendedor no ramo de bebidas, ele é proprietário da Vinícola Ferracini e teve o apoio da diretoria do Sincomércio (Sindicato do Comércio Varejista) da cidade.

Para o Esporte, Lazer e Juventude, o escolhido foi o ex-jogador do CAP (Clube Atlético Penapolense), Leandro Perez. O advogado Pedro Sanchez, responderá pela Assistência Social e Cidadania, pasta que administrou na Prefeitura de Avanhandava recentemente. A presidência do Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) ficará com o arquiteto Carlos Alberto Bachiega.

Ele exerceu a função em gestões passadas. Por fim, o coronel Daniel Rodrigueiro chefiará a secretaria de Trânsito e Mobilidade Urbana. Ele é, atualmente, o secretário de Planejamento do governo de Célio de Oliveira (sem partido).

Além destes, no último dia 24, durante entrevista coletiva, Caíque e Mirela anunciaram os dois primeiros nomes da equipe: Thiago Mazucato, que estará no Governo e Gerência da Cidade e a servidora municipal Maria Emília Pereira de Souza, que já foi secretária de Finanças nos governos do ex-prefeito João Luís dos Santos (PT) e do atual prefeito e que retornará à pasta.

A expectativa é que nas próximas semanas outros nomes sejam anunciados, entre eles, o que estará à frente da Saúde, cuja indicação será de incumbência da vice, Mirela, escolher. A Prefeitura é composta por 15 secretarias e não está descartada a unificação de algumas pastas e a redução de cargos de confiança.

Transição

Além da composição do secretariado, a transição de governo já iniciou. Participam dos trabalhos, além de Mazucato e Maria Emília, Newton Geraissate, Thiago Casella, e Amabel Cristina Dezanetti dos Santos. Pela atual administração, além de Rodrigueiro, deverão ser nomeados para passar os dados de como está o Executivo Rodolfo Valente (Administração), Jesus Araldi (Finanças) e Marlene Tozati (Saúde).

Caíque venceu a eleição com 464 votos de vantagem para Carlos Alberto Feltrin (MDB), que é o atual vice-prefeito. Com 35 anos, ele tem experiência na vida pública, com dois mandatos de vereador. Em 2008, foi o 3º mais votado do Legislativo na cidade, com 1.892.

Quatro anos depois, foi reeleito com 3.770, o que correspondeu a 11,48% dos votos válidos naquela eleição, um recorde de um candidato a Câmara até hoje na cidade. Em 2016, Caíque já havia concorrido à Prefeitura de Penápolis, mas foi derrotado pelo atual prefeito, que foi reeleito.

Mirela Fink, que será a primeira mulher a ocupar o cargo de vice-prefeita, é médica pediatra formada na Universidade de Taubaté e fez residência médica em pediatria em Ribeirão Preto, onde começou a sua carreira. Retornou para Penápolis em 2001, assumindo a pediatria da Santa Casa de Penápolis, além de atuar na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal de Araçatuba.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!