Oi, o que você está procurando?

FUGA

PM prende homem apontado como gerente do tráfico em Valparaiso

Na ação os policiais apreenderam R$ 17,6 mil em dinheiro, revólver e centenas de porções de cocaína, maconha e crack

Policiais militares de Valparaíso prenderam em flagrante na madrugada desta segunda-feira (14) um homem de 41 anos apontado como o gerente do tráfico em Valparaíso. Ele tentou fugir da abordagem e resistiu à revista pessoal. O dinheiro e a maior parte da droga estavam na casa da namorada dele, uma moça de 21 anos que afirmou desconhecer o envolvimento do homem com o tráfico.

Policiais militares realizavam patrulhamento por volta das 2h30 pela rua Domingos Jorge, em Valparaíso, quando na esquina com a rua Duque de Caxias viram um veículo Cruze, branco, dirigido pelo suspeito, conhecido nos meios policiais com várias informações de que ele gerencia o tráfico na cidade, sendo inclusive responsável pela distribuição de droga e recolhimento do dinheiro nas biqueiras.

Os PMs perceberam que ele ficou nervoso com a presença da viatura e decidiram fazer a abordagem. No entanto, o homem fugiu. Os policiais perseguiram o veículo, que fugiu em alta velocidade passando por várias ruas preferenciais sem parar, e conseguiram fazer a abordagem na rua Luís Augusto de Arruda.

Assim que parou o carro o homem desceu e começou a chamar por sua namorada, fazendo escândalo na rua tentando se desvencilhar dos policiais para não ser revistado. Durante revista pessoal, os policiais encontraram no bolso direito da bermuda do homem, R$ 612 em notas diversas.

No carro dele foi encontrado um tablete de maconha na porta do motorista. No banco dianteiro do passageiro os PMs encontraram um telefone celular e um revólver calibre 38, marca Taurus, carregado com seis munições CBC intactas. No porta-luvas havia 181 pinos contendo cocaína e mais um porta óculos onde havia R$ 103,60.

O acusado assumiu a propriedade da arma de fogo e dos entorpecentes, informando ainda, que no interior da residência de sua namorada havia mais entorpecentes. Pela janela do quarto os policiais viram a mulher, que autorizou a entrada dos PMs. No guarda-roupa de um dos quartos, foram encontrados R$ 17 mil em notas diversas. No interior da geladeira havia uma sacola com mais 112 porções de maconha e 168 pedras de crack.

A moça disse aos policiais que é namorada do acusado e que naquela noite ele iria dormir na casa dela porque havia brigado coma mãe. Afirmou que não tinha ciência de que o namorado estava traficando drogas, pois ele falava que estava trabalhando como Uber, e que inclusive teria visto ele trabalhando.

Ela disse que presenciou o momento em que os policiais encontraram a droga mas não sabe dizer qual o tipo de droga, porque estava bem enrolada. A moça afirmou que não tem nada a ver com os negócios do namorado e que não é usuária de drogas. Ela também será investigada. O homem foi detido em flagrante e ficou preso à disposição da Justiça.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
73