Oi, o que você está procurando?

DENÚNCIA

Mulher aciona a PM após deter acusado de estuprar sua filha, em Araçatuba

A adolescente confirmou e disse que nunca contou nada porque o padrasto a ameaçava dizendo que se contasse para alguém, iria matar o irmão mais novo

Uma mulher de 33 anos denunciou o próprio companheiro na DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) na tarde desta quarta-feira (17) após ficar sabendo que há três anos ele vem estuprando sua filha, hoje com 15 anos. À noite, ela deteve o acusado e acionou a Polícia Militar.

A mulher relatou à polícia que durante a volta de uma viagem ficou sabendo pelo filho mais novo, de 9 anos, que seu companheiro, um motorista de 25 anos, estaria estuprando sua filha, de 15, há algum tempo. Ao ser questionada, a menina disse a mãe que realmente estava sendo abusada há pelo menos três anos.

A adolescente confirmou e disse que nunca contou nada porque o padrasto a ameaçava dizendo que se contasse para alguém, iria matar o irmão mais novo. Os abusos, com conjunção carnal, aconteciam quando a mulher saia para trabalhar. O menino de 9 anos chegou a presenciar alguns dos estupros praticados pelo padrasto.

A mulher procurou a Polícia Civil na tarde desta quarta-feira (16) para denunciar o caso, e na oportunidade foi emitida requisição para que a menina passe por exame no IML (Instituto Médico Legal).

Detido

À noite a PM recebeu chamado para atender uma ocorrência de briga em uma residência no bairro Nobre Ville, zona sul de Araçatuba. No local, a mulher havia detido o companheiro e contou à polícia que descobriu que ele estava estuprando sua filha continuadamente.

O homem confessou a prática e disse que há três anos vem mantendo relações com a enteada, sendo que nos últimos meses consistiu apenas em beijos e carícias. Eles foram levados ao plantão policial onde foi registrada outra ocorrência, com depoimento do acusado. Ele foi liberado após prestar depoimento. A Polícia Civil está investigando caso.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!