Oi, o que você está procurando?

Porto Alegre

Homem sequestra e agride ex-parceira com cola instantânea nos olhos

Após sofrer agressões até perder a consciência, a vítima conseguiu fugir e pedir ajuda a uma vizinha

Uma mulher de 29 anos foi sequestrada e cruelmente agredida pelo ex-companheiro na última semana. O caso ocorreu no município de Canoas, região metropolitana de Porto Alegre (RS). Ela sofreu violência física, psicológica e sexual, e teve os olhos machucados com gravidade por cola instantânea (do tipo Super Bonder). As informações são do portal GaúchaZH.

Segundo informações da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana do estado, a vítima estava na casa de uma amiga, na segunda-feira (7/12), quando foi surpreendida pelo homem de 27 anos, que invadiu a casa. O casal tinha uma filha de 11 meses e manteve um relacionamento de anos, com outros episódios de violência.

Com dois tubos de cola nas mãos, o agressor direcionou jatos do produto à cabeça da ex-parceira. A cola atingiu os cabelos dela e escorreu para os olhos. Depois de apanhar até perder a consciência, o homem a levou para a casa dele, de carro. A família da vítima registrou o desaparecimento na madrugada de terça-feira (8/12).

Machucada e com dificuldade para enxergar, ela conseguiu fugir do local no dia seguinte e pediu ajuda de uma vizinha. Quando o pai da vítima a encontrou, ela foi levada para um hospital especializado em oftalmologia, na capital gaúcha.

Na quarta-feira (9/12), em depoimento à polícia, a mulher relatou ter sofrido violência sexual, além de chutes, socos, empurrões e tapas. Contou também que o ex-companheiro a derrubava no chão e pressionava o pé contra o pescoço dela, puxando a cabeça para cima.

O homem teve a prisão decretada ainda na quinta (10/12). Monitorado, ele acabou detido preventivamente no fim da noite de sexta e encaminhado ao sistema prisional.

Clarissa Demartini, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Canoas, classifica o caso como “muito grave”. O indiciamento será por crime de sequestro, cárcere, estupro, lesão corporal, injúria e ameaça.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
error: Conteúdo Protegido!
34