Oi, o que você está procurando?

Fotos e vídeo

Homem é executado a tiros, bate o carro e derruba poste em Araçatuba

Vìtima estava portando um revólver calibre 38. Vários bairros da zona norte ficaram sem energia elétrica

Fotos: Fábio Ishizawa - Regional Press

Um homem identificado como Danilo Antônio da Silva, 23 anos, morador no conjunto habitacional Beatriz, foi executado a tiros na madrugada desta sexta-feira (25) na marginal Brigadeiro Faria Lima, ao lado do viaduto da rodovia Elieser Montenegro Magalhães com avenida Jorge Melen Rezek, zona norte de Araçatuba. Ele, que estava armado, bateu o carro e derrubou um porte, deixando vários bairros sem energia elétrica durante a madrugada. (Assista a live)

Por volta das 3h10 a Polícia Militar foi acionada e a informação era de que havia ocorrido um acidente de trânsito com vítima. Quando a primeira equipe chegou ao local encontrou o veículo, um Santana, branco, batido no poste, que havia sido derrubado com o impacto da batida, e o corpo da vítima  caído na rua, atrás do carro e de bruços.

No interior do veículo não havia manchas de sangue, e os policiais encontraram diversas perfurações de tiros. Quando a perícia chegou ao local e virou o corpo de Silva, encontrou debaixo dele um revólver de calibre 38, com cabo de madre pérola, carregado com um cartucho picotado, ou seja, que havia falhado.

Devido à queda do poste, bairros como Engenheiro Taveira, Águas Claras 1 e 2 2 Verde Parque Ficaram sem energia elétrica. Uma equipe da Polícia Civil esteve no local com o delegado Pedro Paulo Negri.

Peritos do Instituto de Criminalística fizeram o trabalho de perícia, e inicialmente constataram que a vítima foi atingida por pelo menos cinco tiros, que acertara, a cabeça, peito, coxa. Os policiais constataram que Silva já tinha passagem por tráfico e havia deixado o sistema prisional este ano.

A Polícia Civil já está investigando o caso. Quem tiver alguma informação que leve aos autores do crime pode entrar em contato com as polícias Civil ou Militar, pelos telefones 197 ou 190. Não é preciso se identificar.

Fotos: Fábio Ishizawa – Regional Press

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!