Oi, o que você está procurando?

ESTATÍSTICA

Estado de SP reduz casos de homicídios e latrocínios no mês de novembro

No período, roubos e furtos em geral e de veículos também diminuíram

O Estado de São Paulo terminou o mês de novembro com redução nos indicadores de casos de homicídios e latrocínios, estupros e em todas as modalidades de furtos. Os roubos em geral, de veículos e de cargas também diminuíram. O indicador de extorsão mediante sequestro ficou zerado.

O número de mortes intencionais apresentou 1,2% de queda, já que o total passou de 246 em novembro de 2019 para 243 no mês passado. Em números absolutos, foram três a menos. A quantidade é a segunda menor da série histórica do período, iniciada em 2001.

Já o número de vítimas do indicador oscilou de 255 para 277 no período. Com as variações, as taxas de homicídios dolosos dos últimos 12 meses (de dezembro de 2019 a novembro de 2020) ficaram em 6,51 casos e 6,86 vítimas de homicídios a cada grupo de 100 mil habitantes.

Já o indicador de estupros caiu 3,5%. O total passou 1.090 em novembro de 2019 para 1.052 no mês passado – 38 ocorrências a menos.

Crimes contra o patrimônio

O indicador de extorsão mediante sequestro ficou sem nenhum registro pela terceira vez na série histórica, enquanto os casos de roubos seguidos de morte recuaram de 14 para 12. Nas vítimas de latrocínios a queda foi ainda mais acentuada, já que o total passou de 15 para 12 – a menor soma da série.

Nos furtos em geral e de veículos o recuo foi de 15,9% e 22,6%, respectivamente. Na primeira modalidade, a quantidade passou de 41.505 para 34.909, ou seja, 6.596 a menos. Na segunda, o número caiu de 7.642 para 5.914 (-1.728). Os dois totais são os menores da análise histórica.

A tendência se estendeu para os roubos em geral que apresentaram diminuição de 12,2%. Foram contabilizados 18.742 boletins de ocorrência desta natureza no mês passado, contra 21.350 em novembro de 2019.

Nos roubos de cargas a diminuição foi de 20,3%, já que o total passou de 646 para 515 (-131 casos). Já nos roubos de veículos, que recuou 27,3%, o total passou de 3.950 para 2.870 – a menor soma da análise. Já os roubos a bancos subiram de dois para três na comparação mensal.

Produtividade

O trabalho realizado pelas três polícias estaduais em novembro deste ano resultou em 10.802 prisões. No período, 913 armas de fogos foram retiradas das ruas e 3.170 flagrantes de tráfico de drogas foram registrados.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!