Oi, o que você está procurando?

Amazonas

Centenas de pessoas fazem protesto em Manaus contra fechamento do comércio

Na manifestação, que gerou aglomeração intensa, eles entoaram o Hino nacional e palavras de ordem para que o comércio seja reaberto

Centenas de pessoas se reuniram em um protesto na manhã deste sábado (26/12), em Manaus, contra o fechamento dos serviços não essenciais no estado do Amazonas decretado hoje.

Na manifestação, que gerou aglomeração intensa, eles entoaram o Hino nacional e frases de ordem como “queremos trabalhar” para que o comércio seja reaberto.

No decreto, publicado pelo governador Wilson Lima, fica determinado que shoppings, flutuantes, bares e estabelecimentos do comércio não essencial não poderão funcionar pelo período de 15 dias. Estão proibidas também reuniões comemorativas, inclusive na noite de réveillon, em espaços públicos, clubes e condomínios. Já academias, mercados, feiras, cartórios e oficinas mecânicas terão o funcionamento permitido.

O Amazonas tem mais de 5,1 mil casos fatais provocados pela doença, com mais de 195 mil casos confirmados.

Nas redes sociais, internautas compartilharam alguns momentos do protesto e comentaram a situação:

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!