Oi, o que você está procurando?

FLAGRANTE

Quatro pessoas são presas por tráfico no Água Branca

Na ação, um dos acusados resistiu e foi contido com uso de uma teaser. Um cão pitbull foi solto contra policiais e acabou morto a tiro

Três homens e uma mulher foram detidos em flagrante por policiais militares na manhã deste domingo, no bairro Água Branca, zona leste de Araçatuba, acusados de tráfico de drogas. Na ação, os policiais apreenderam mais de R$ 20 mil em dinheiro e tijolos de pasta base de cocaína, além de crack e maconha.

Policiais militares faziam patrulhamento pelo bairro Água Branca e quando passavam pela rua Joana Favarin Jorge, em frente a uma casa conhecida como ponto de distribuição de drogas, viram o morador, um rapaz de 20 anos, saindo. Ao ver a viatura ele retornou rapidamente.

Os policiais contornaram o quarteirão e retornaram ao local dos fatos por outra rua, para ter mais visão do imóvel do acusado, quando flagraram o portão aberto e viram um pedreiro de 28 anos deixando o local. Em seguida o morador trancou rapidamente o portão ao ver a aproximação da viatura.

O pedreiro saiu andando e dispensou algo em uma moita. Ele foi abordado e ao ser questionado confessou que havia jogado um kit com drogas. Na sacola os policiais encontraram 65 pinos contendo cocaína. Ele começou a justificar que tinha família, que não queria ser preso e que precisava vender a droga para ganhar um dinheiro, e saiu correndo, sendo detido em um pasto.

Questionado sobre a droga, confessou que não poderia dar maiores detalhes, pois o pessoal onde ele havia pego o entorpecente era perigoso. Segundo os policiais, a casa onde o acusado havia saído pertence ao rapaz de 20 anos e uma dona de casa de 27 anos, irmã de um jovem conhecido como Caiquinho, acusado de ser o líder do tráfico na zona leste de Araçatuba e que é foragido da Justiça.

Viaturas de apoio também foram ao local e o casal tentou impedir a ação policial a todo momento. O morador subiu no muro dos fundos com uma mochila azul e um saco preto, e tentou jogar na casa vizinha, que é de sua sogra, mãe de Caiquinho e também de sua companheira. Os policiais de apoio gritaram para o acusado descer do muro, e neste momento, ele se desequilibrou e caiu.

Os policiais informaram que o morador estava no muro dos fundos quando eles tentaram novamente ingressar na casa, quando a moradora soltou um cachorro Pitbull, momento em que teria incitado o animal a atacar os policiais.

O cachorro foi em direção a um dos PMs e pulou. O militar disparou um tiro que atingiu o peito do animal, o qual morreu na hora. Ela retornou para dentro de casa onde seu companheiro se escondia. Ambos partiram para cima dos policiais. O rapaz de 20 anos estava exaltado e os PMs tiveram de usar uma arma de choque (teaser) para contê-lo.

Na sequência foi iniciada busca no imóvel, sendo encontrado mais um kit com 31 pinos contendo cocaína, além de nove invólucros com maconha e uma fração de tijolo de maconha. Dentro do guarda-roupa da acusada foi encontrada a quantia de R$ 9.345,00. No muro onde o acusado estava aos fundos, foram encontrados dois tijolos de pasta base de cocaína, mas a bolsa azul havia sumido.

Na casa da mãe da acusada, os policiais encontraram dois tijolos de crack num saco preto, que estava dentro da mochila que o rapaz arremessou por cima do muro. No local os policiais também encontraram um pacote com dinheiro, contendo R$ 11.005,00 (onze mil e cinco reais), no guarda-roupa, dentro de uma bolsa feminina, a qual pertence a mãe da acusada. Na carteira do morador havia mais R$ 1.567,00 e na carteira da mãe da acusada, mais R$ 500, que foram devolvidos.

No guarda roupas da casa foram apreendidos seis telefones celulares. No total foram apreendidos R$ 20.350 em dinheiro, 2,9 quilos de pasta base de cocaína, 2 quilos de crack, além de pinos de cocaína e porções de maconha. A mulher e os três homens ficaram presos em flagrante à disposição da Justiça.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!